Defesa Civil confirma queixas, mas afasta desabamento na Homex

Mas o presidente do Sinduscon (Sindicato Intermunicipal da Indústria da Construção do Estado de Mato Grosso do Sul)

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), que foi instaurada para apurar irregularidades em obras da Homex, ouviu hoje (3) representantes do Sintracom (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Campo Grande) e da Defesa Civil. Mas o presidente do Sinduscon (Sindicato Intermunicipal da Indústria da Construção do Estado de Mato Grosso do Sul), Amarildo Miranda Melo, não compareceu e será reconvocado para o dia 11.

O major Luidson Borges Tenório Noleto, coordenador de Proteção e Defesa Civil de Campo Grande, relatou que várias reclamações foram feitas pelos moradores, mas não constatou risco de desabamento nas obras.