Planalto eleva IPI de móveis e luminárias

O IPI segue em 3,5% até o fim do ano, mas sobe para 4% em 2014

De acordo com decreto publicado hoje no "Diário Oficial da União", a alíquota para os produtos laminados, por exemplo, passará de 3,5% no fim deste mês para 4% no início de janeiro. Mesmo com a elevação o percentual ainda é inferior à taxa original, que é de 15%.

No caso dos painéis de madeira ou aglomerados com resinas as mudanças serão semelhantes.

O IPI segue em 3,5% até o fim do ano, mas sobe para 4% em 2014. Originalmente o imposto para esses produtos é de 5%. No caso de móveis
como assentos giratórios ou sofás-cama
 a elevação tributária será idêntica à dos painéis, ficando, ainda assim, abaixo dos originais 5%.

 A última alteração imposta pelo governo para esse segmento altera o IPI de luminárias. A alíquota atual, de 12%, será prorrogada, em substituição aos originais 15%.

Todos os novos percentuais para cobrança de IPI devem valer até 30 de junho de 2014.