Hospital de BH reserva ala para Neymar; PSG chega ao Brasil nesta sexta

Coordenador esportivo Maxwell e médico Gérard Salliant, que operou Ronaldo em 2000 e foi chamado agora pelo clube, desembarcarão no país para acompanhar a cirurgia do craque

Hospital em Belo Horizonte que receberá Neymar - Foto: Guilherme Frossard

Por falar em PSG, o clube francês enviará dois representantes para a cirurgia de Neymar: o ex-jogador e atual coordenador esportivo Maxwell e o médico Gérard Salliant. A dupla desembarcará no Brasil na manhã desta sexta. Salliant não é médico do PSG, mas foi chamado para representar o clube e acompanhar o procedimento de Neymar. Ele, por sinal, foi responsável por operar Ronaldo após a grave lesão sofrida pelo Fenômeno no joelho direito em 2000.

Neymar sofreu uma fratura no quinto metatarso do pé direito durante a partida entre PSG e Olympique de Marselha, no último fim de semana, pelo Campeonato Francês. O prazo de recuperação, também segundo Rodrigo Lasmar, é de dois meses e meio a três meses. Isso possibilitaria ao atacante voltar aos campos até o finzinho de maio, quase 20 dias antes da Copa do Mundo - a estreia do Brasil é no dia 17 de junho, contra a Suíça.

Mas o camisa 10 tem grande chance de perder toda a temporada do PSG. A final da Liga dos Campeões, por exemplo, será em 26 de maio - para o caso de o time do técnico Unai Emery chegar até lá. E a última partida pelo Francês será no dia 19 de maio, contra o Caen. Ele também vai desfalcar a Seleção nos amistosos com Rússia e Alemanha, que serão disputados nos dias 23 e 27 de março, em Moscou e Berlim, respectivamente.