Raio-X: tudo o que você precisa saber sobre as quartas de final da Superliga Feminina

Com 19 medalhas olímpicas e Tifanny entre os destaques, playoffs começam nesta sexta-feira

- Foto: Fotojump

Agora é mata-mata. A Superliga feminina de vôlei entra nos playoffs. A partir desta sexta-feira, oito times duelam nas quartas de final para avançar em busca do título da temporada 2017/18. O GloboEsporte.com traçou um raio-X dos confrontos, com tudo o que você precisa saber das séries melhor de três jogos. O SporTV 2 transmite ao vivo todos os jogos da primeira rodada das quartas de final.

Líder da fase classificatória, o Praia Clube abre as quartas de final fora de casa contra o Bauru da oposta Tifanny, jogadora com maior média de pontos por set da temporada. Também nesta sexta, o atual campeão Sesc/RJ vai a São Paulo medir forças com o Pinheiros. Atual campeão sul-americano, o Minas inicia a série contra o Fluminense fora de casa no sábado. Atual campeão da Copa Brasil, o Osasco entra em quadra com o apoio da torcida no domingo, diante do Barueri do técnico da seleção brasileira, José Roberto Guimarães.

Análise do Marco Freitas

"O Praia tem o melhor time da temporada. Investiu bastante, tem a Fabiana, a americana Fawcett e a Fernanda Garay, que estava sendo poupada, mas com o time completo é favorito. Vai precisar ter cuidado com duas atacantes de Bauru: Tifanny e a cubana Palacio. O time depende da atuação individual dessas jogadoras. A Paula Pequeno está voltando de lesão. Mas o Praia é o favorito"

Campanhas

Praia Clube - 61 pontos, 21 vitórias e 1 derrota (1º colocado)
Bauru - 29 pontos, 7 vitórias e 15 derrotas (8º colocado)

Histórico

Primeiro turno - Praia Clube 3 x 0 Bauru
Segundo turno - Bauru 2 x 3 Praia Clube

Análise do Marco Freitas

"O Sesc/RJ é o time que mais teve problemas do ponto de vista físico durante a temporada. Juciely teve duas cirurgias, Gabi só começou a jogar no fim de 2017. São as atacantes mais importantes. A falta de ritmo acabou comprometendo em alguns jogos, mas acredito que o Sesc/RJ deve crescer na reta final. É o mesmo confronto do ano passado. O Pinheiros já fez jogos equilibrados com o Sesc/RJ. É um time organizado taticamente, que defende bem. É um time perigoso, não pode dar mole. Tem a oposta Bruna Honório, que é uma das melhores atacantes em aproveitamento, mas o forte é o conjunto"

Campanhas

Sesc/RJ - 57 pontos, 20 vitórias e 2 derrotas (2º colocado)
Pinheiros -

Histórico

Primeiro turno - Pinheiros 1 x 3 Sesc/RJ
Segundo turno - Sesc/RJ 3 x 0 Pinheiros

Análise do Marco Freitas

"O Minas é o time de melhor custo-benefício, teve investimento relativamente menor e teve bom aproveitamento. O técnico italiano Stefano Lavarini se mostrou uma figura interessante, tinha mercado lá fora, mas optou por vir para desenvolvimento pessoal. O Minas investiu pontualmente de maneira muito inteligente. Trouxe a Sonja (Newcombe), que é muito boa passadora. É o time que está chamando mais atenção. Embora o fluminense esteja próximo na tabela de classificação, vai ter muito trabalho. O jogo do Flu não encaixou contra o Minas na primeira fase. Vai depender muito da Thaisinha. O Flu vai ter que arriscar mais para vencer o Minas."

Campanhas

Minas - 48 pontos, 16 vitórias e 6 derrotas (3º colocado)
Fluminense - 37 pontos, 13 vitórias e 9 derrotas (6º colocado)

Histórico

Primeiro turno - Fluminense 0 x 3 Minas
Segundo turno - Minas 3 x 0 Fluminense

Análise do Marco Freitas

"É o confronto mais equilibrado. Barueri tem história interessante. Foi se organizando ao longo da temporada, trouxe a polonesa Skowronska e a Thaísa, que se recuperaram de lesões. Ninguém conhece o time do Barueri pronto, não dá para fazer uma projeção do potencial pleno do Barueri. Tenho uma curiosidade para saber o que esse time do Zé Roberto pode fazer. O Osasco optou por um time mais jovem nesta temporada. Leyva é a maior referência do Peru, mas é jovem, está oscilando bastante. O time ainda não mostrou consistência, muito irregular, talvez pela inexperiência. É o jogo menos previsível."

Campanhas

Osasco - 44 pontos, 15 vitórias e 7 derrotas (4º colocado)
Barueri - 37 pontos, 13 vitórias e 9 derrotas (5º colocado)

Histórico

Primeiro turno - Barueri 1 x 3 Osasco
Segundo turno - Osasco 3 x 1 Barueri