Mosquito ‘da dengue’ contaminou 1,4 mil em três meses, aponta boletim

Quase metade dos registros deste ano, 507, foram em Campo Grande.

- Foto: Divulgação

O mosquito Aedes aegypti 1.456 pessoas nos primeiros 66 dias de 2018, conforme os últimos boletins epidemiológicos divulgados pela SES (Secretaria de Estado de Saúde). Foram contabilizados casos de 1º de janeiro a 7 de março, de dengue e chikungunya.

Nos dois primeiros meses do ano, foram 1.371 pessoas diagnosticadas com dengue – 22% do total de casos notificados em 2017, quando 6.201 pessoas tiveram a doença em Mato Grosso do Sul.

Quase metade dos registros deste ano, 507, foram em Campo Grande.

Também em 2018, 85 pessoas receberam diagnóstico de febre chikungunya, sendo 28 na Capital. No ano passado, foram 549 casos registrados.