Equipe substitui empreiteiras na manutenção da rede municipal e garante economia de R$ 1,2 milhão

Com a intervenção da equipe, duas unidades de ensino foram reabertas no início do ano letivo, gerando uma economia mensal de R$ 3.500,00.

Prefeito visita reforma do CMEI Irmã Demetria. - Foto: Rafael Brites/Assessoria de Imprensa

A Prefeitura de Sidrolândia montou uma equipe com servidores e contratados que executaram uma série de serviços de manutenção e ampliação de unidades da rede municipal de ensino garantindo uma economia de R$ 1,2 milhão aos cofres públicos, que se tivesse contratado uma empreiteira a partir de processos de licitação teria gasto. 

Os prédios de dois centros municipais de educação infantil (Irmã Demétria e Prefeito Criança), que estavam interditados foram reformados. Com a intervenção da equipe, as duas unidades de ensino foram reabertas no início do ano letivo, gerando uma economia mensal de R$ 3.500,00 com o pagamento de aluguel do imóvel onde as creches estavam funcionando.

A equipe própria da Prefeitura também reformou os banheiros das escolas municipais Pedro Aleixo e Porfiria Lopes do Nascimento; refez a pintura da Escola da Estância Belém no Assentamento Geraldo Garcia e está concluindo a construção de mais três salas no CMEI do Bairro Pé de Cedro, o que vai abrir mais 100 vagas para educação infantil. A Secretaria de Educação passou a contar com uma patrulha mecanizada para atuar nos travessões que servem de itinerário para o transporte escolar.

Pelas contas do secretário de Governo, Clayton Ortega, se tivesse contratado uma empresa para reformas as creches Irmã Demétria e Prefeito Criança, gastaria R$ 800 mil; o serviço feito (com a construção de mais três salas) sairia por R$ 250 mil, enquanto outras melhorias emergenciais na rede de ensino e em postos de saúde custariam R$ 150 mil.