Grupo teatral evangélico se apresenta na sexta-feira em Sidrolândia

Em cena, dois contadores de história mostram os segredos da vida de José, preparando sua igreja e alinhando seus sonhos e projetos aos planos de Deus.

Grupo teatral evangélico se apresenta na sexta-feira em Sidrolândia - Foto: Reprodução/Facebook/Jeova Nissi

Na próxima sexta-feira, dia 23, a companhia teatral cristã Artes de Nissi, se apresenta em Sidrolândia à partir das 19h30 na Igreja Assembleia de Deus Missões, na Rua Rio Grande do Sul, 1.660. O ingresso é um quilo de alimento não perecível. Em cena, dois contadores de história mostram os segredos da vida de José, preparando sua igreja para as quatro estações de 2018 e alinhando seus sonhos e projetos aos planos de Deus.

A Companhia Nissi surgiu em abril de 2000, tendo como embrião, jovens de Campinas. O idealizador foi Caíque de Oliveira, um jovem homossexual, envolvido com feitiçaria que mudou sua vida quando se converteu. Conforme seu relato, ele vivia uma vida longe dos caminhos de Deus, quando passou a receber orações da sua avó que clamava por sua salvação. 

Com um tímido grupo de integrantes, a companhia iniciou na cidade de Campinas (SP) em abril de 2000. A partir de então jovens de várias igrejas passaram a fazer parte do teatro inovador que surgia nas igrejas. Embora tivesse certa experiência com arte no espaço secular, Caíque inspirou-se na Palavra de Deus para criar as peças. As fronteiras se estenderam para vários estados do País e participantes começaram a ser recrutados das formas mais inusitadas.

Os novos integrantes vinham de partes diferentes do Brasil, mas enfrentavam o mesmo desafio: deixar tudo para seguir Jesus. Muitos abandonaram faculdade, trabalho, amigos e família para cumprir o IDE. Como é o caso da cantora Ana Paula Maciel que deixou o trabalho de secretária administrativa para cantar pelas cidades do País. “Já estava trabalhando há três anos em uma empresa, quando fui convidada por Caíque. A equipe de teatro passa a ser a nossa família. É uma vida de renúncia todos os dias”.

O bailarino Luciano Soares namorava há três anos com a Ariane Diniz, estudante de educação física, quando decidiu se juntar ao grupo de corajosos. “Resolvemos entrar para companhia juntos e nos casamos há um ano. Sempre brincamos que a nossa casa é na mala. Em alguns momentos conseguimos dormir juntos, em outros dormimos com mais de vinte pessoas”.

Outro jovem itinerante é o Paulo Ocanha Junior. Ele atuava como bailarino profissional e havia sido convidado para estudar fora do País. Rejeitou todas as ofertas, para falar do amor de Deus por meio da arte. Os dias parecem difíceis para este grupo de missionários, mas o resultado de centenas de almas salvas parece valer todos os esforços.

São com jovens como esses que hoje a Companhia Jeová Nissi conta com nove equipes espalhadas pelo Brasil e no mundo. Há equipes na Rússia, Angola, Europa e vários estados brasileiros. Atualmente, uma das equipes está na Inglaterra para aprender a língua e estudar artes para aperfeiçoamento das ministrações. 

Conheça a Companhia: