EcoSport que capotou após perseguição policial levava 1 tonelada de maconha

O motorista de 21 anos, disse aos policiais que receberia R$ 4 mil para levar o veículo de Ponta Porã até Campo Grande.

A droga, veículo e o jovem foram levados para a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) - Foto: Divulgação

O EcoSport, placa QAH-3641, que no início da tarde de ontem (quarta-feira, 21) capotou na BR-060, na divisa de Sidrolândia com Campo Grande, após perseguição policial, levava quase uma tonelada de maconha segundo a Policia Militar. O motorista, Nathanel Ramos Cordeiro, 21 anos, disse aos policiais que receberia R$ 4 mil para levar o veículo de Ponta Porã até Campo Grande e garantiu desconhecer que havia droga no veículo.

“Sou trabalhador, não sou bandido. Trabalho com carteira assinada em uma fazenda e moro em Ponta Porã. Tenho uma filha recém-nascida e me ofereceram essa viagem, acabei aceitando”, disse, negando que sabia que transportava droga. “Entreguei no carro e não sabia (o que tinha). Só percebi depois, por conta do cheiro, mas não tinha como voltar atrás”, justificou-se.

Policias do BOPE em diligência na região do Bolicho Seco quando perceberam a passagem do EcoSport em alta velocidade resolveram sair na perseguição ao veículo. O primeiro acompanhamento tático do veículo foi feito por dois quilômetros, no sentido Sidrolândia-Campo Grande. Então foi dada ordem de parada, mas o motorista acelerou e tentou fugir. Foram mais 10 quilômetros de perseguição, envolvendo ultrapassagens perigosas na rodovia.

O carro só parou porque em uma tentativa de ultrapassagem, no sentido contrário vinha um caminhão. O motorista tentou voltar para outra faixa e perdeu o controle. O EcoSport capotou e caiu em uma ribanceira

Natanael Ramos Cordeiro, 21 anos, não conseguiu fugir e foi preso pela equipe de elite da Polícia Militar. A droga e o veículo foram levados para a Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar).

Leia também: EcoSport carregado de maconha capota após perseguição policial

Fotos galeria: Marcos Tomé/Região News