Advogado brasileiro de 37 anos é encontrado morto a tiros no Paraguai

A polícia acredita que a vítima foi executada a tiros e depois teve o corpo abandonado no local.

Vítima foi encontrada em uma colônia na fronteira. - Foto: Porã News

Advogado brasileiro identificado como Hudson Silva Polvora, de 37 anos, natural de São Paulo, foi encontrado morto na tarde de ontem, em uma colônia localizada no município Paraguaio de Pedro Juan Caballero. A polícia acredita que a vítima foi executada a tiros e depois teve o corpo abandonado no local. 

Segundo o site Porã News, populares que passavam por uma estrada, situada a cerca de 57 quilômetros da cidade, avistaram o corpo e acionaram as autoridades. Hudson foi morto com três tiros. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e ainda não há informações sobre autoria e motivação.