Veículos pegam fogo após colisão na BR-267 e motociclista morre

Os veículos pegaram fogo após a batida e a vítima foi arremessada por aproximadamente 12 metros.

Carro que pegou fogo após colisão com moto ficou destruído - Foto: Maikon Júnior/Olimar Gamarra/Rio Brilhante em Tempo Real

Luiz Carlos da Silva, de 32 anos, morreu após a moto que pilotava colidir com um Fiat Uno, no início da noite de ontem, na rodovia BR-267, em Rio Brilhante. Os veículos pegaram fogo após a batida e a vítima foi arremessada por aproximadamente 12 metros.

De acordo com o boletim de ocorrência, as causas do acidente ainda estão sendo apuradas, uma vez que o motorista do carro de passeio, identificado como Alcides Ramos Ferreira, de 55 anos, relatou não se lembrar de como tudo aconteceu.

De acordo com uma equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) que esteve no local, o carro seguia de Maracaju no sentido a Rio Ribrilhante e invadiu a pista contrária, na altura do quilômetro 317, próximo do assentamento Fortaleza.

Além de arremessar o motociclista, a colisão frontal ainda fez com que a moto ficasse presa ao para-choque do veículo, sendo arrastada por aproximadamente 30 metros. Logo em seguida os veículos incendiaram.

Ferreira foi socorrido e encaminhado consciente, porém com diversos ferimentos, para o hospital do município. Ele foi submetido ao teste do bafômetro que apontou resultado negativo ao consumo de álcool.