Secretário de educação básica Rossieli Soares assume Ministério da Educação, diz governo

Mendonça Filho deixará o cargo para disputar as eleições.

Rossieli Soares durante apresentação do balanço da Base Nacional Comum Curricular em novembro do ano passado - Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O secretário de Educação Básica, Rossieli Soares da Silva, vai substituir Mendonça Filho (DEM-PE) no comando do Ministério da Educação. Mendonça deixará o cargo para disputar as eleições. A informação foi confirmada pela assessoria do Ministério da Educação na manhã desta quinta-feira (5).

Rossieli está no MEC desde maio de 2016. Antes, ele era o secretário de educação do Estado do Amazonas.

Por lei, os ministros que quiserem se candidatar na eleição de outubro precisam deixar os cargos seis meses antes do pleito, prazo que termina neste sábado (7).

Mendonça Filho é natural de Recife, foi governador e vice-governador de Pernambuco (1999-2002 e 2003-2006). Também foi secretário de Estado, deputado estadual, deputado federal.

Para assumir o Ministério da Educação em 26 de outubro de 2017, se licenciou do mandato de deputado federal na legislatura de 2015 a 2019.

Propostas

O político ficou conhecido por ser o autor da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que instituiu a reeleição para cargos do Executivo, inclusive presidente da República, a partir de 1998. A medida permitiu que Fernando Henrique Cardoso e depois Lula e Dilma tivessem um segundo mandato consecutivo.

Entrou para a política pouco depois de completar 20 anos. Foi eleito deputado estadual, em 1986 – o mais novo do Brasil na época. Exerceu dois mandatos seguidos na Assembleia Legislativa de Pernambuco.