Terenas fazem atos em Sidrolândia para marcar Dia Nacional da Educação Indígena

Representantes da Aldeia Córrego do Meio fizeram um ato em frente da Prefeitura, onde entregaram um documento reivindicatório.

Terenas fazem atos em Sidrolândia para marcar Dia Nacional da Educação Indígena - Foto: Divulgação

Em comemoração ao Dia Nacional da Educação Indígena, que transcorre neste 5 de abril, a comunidade terena de Sidrolândia, está promovendo atos públicos, atividades pedagógicas nas escolas para não deixar passar a data em branco, além de dar visibilidade na sociedade para questões como a demarcação das terras, recursos para saúde e fomento da agricultura das aldeias. Representantes da Aldeia Córrego do Meio fizeram um ato em frente da Prefeitura, onde entregaram um documento reivindicatório.

Os alunos da Escola Municipal João Batista Figueiredo, da Aldeia Tereré, saíram em passeata pela Rua João Straliotto (acesso ao Residencial Morada da Serra), percorreram a aldeia e desenvolveram atividades pedagógicas voltadas para questões de interesse da comunidade.

Segundo o diretor da escola, Marcio da Silva Rodrigues, a Prefeitura criou uma coordenadoria específica da educação indígena; o ensino bilíngue foi adotado e nas escolas dentro das aldeias, a maior parte do corpo docente é integrado por representantes da comunidade. Na Escola da Tereré, por exemplo, que tem 294 alunos, 24 dos 27 professores são terenas.