Régis lamenta revés em estreia e pede para time se impor em Rosário

A partida está marcada para o próximo dia 19, às 19h15 (de Brasília), no Morumbi.

O lateral direito Régis estreou com a camisa tricolor na derrota para o Furacão - Foto: Rubens Chiri/SPFC

O lateral direito Régis estreou pelo São Paulo durante a noite da última quarta-feira, contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada, pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil. Após a partida, o jogador lamentou a derrota por 2 a 1, mas celebrou ter vestido a camisa tricolor pela primeira vez.

Ele foi acionado pelo técnico Diego Aguirre para substituir Marcos Guilherme aos 13 minutos do segundo tempo, pouco antes de o Tricolor sofrer o segundo gol. Sua entrada mudou o esquema tático do time, que passou a atuar com três zagueiros, dando-lhe liberdade para atuar como ala pela direita. Assim, a equipe se tornou mais ofensiva e conseguiu descontar com Tréllez.

“Infelizmente não foi o resultado que esperávamos, mas temos totais condições de reverter no Morumbi. Estreei e foi muito bom poder sentir o clima da partida e a adrenalina. Procurei seguir as orientações do Aguirre e arrisquei algumas jogadas, mas sinto que posso acrescentar ainda mais”, analisou o camisa 33.

Com o resultado, o São Paulo precisará vencer o jogo de volta por dois gols de diferença para avançar de forma direta às oitavas de final da competição. A partida está marcada para o próximo dia 19, às 19h15 (de Brasília), no Morumbi.

Antes de pensar nesse confronto, contudo, Régis terá outro mata-mata pela frente. Vice-campeão da Copa Sul-Americana com a Ponte Preta em 2013, o atleta de 28 anos espera contribuir com sua experiência na competição continental. O embate de ida com o Rosario Central-ARG será disputado na noite da próxima quinta-feira, na Argentina.

“Fui vice-campeão com a Ponte Preta em 2013, e conheço bem a Sul-Americana. Espero ajudar os meus companheiros com esta experiência. Torneios internacionais têm particularidades, e o São Paulo possui um histórico vencedor no continente”, disse Régis, que estendeu sua análise fazendo uma recomendação.

“Temos que nos impor para colocar o clube no caminho dos títulos novamente, como o torcedor está acostumado. Vamos nos preparar nos próximos dias para encarar o Rosario em busca da vantagem para o jogo de volta”, concluiu o lateral.