Para leiloar 19,9 mil veículos, Detran pode levar até seis anos

Mesmo que a totalidade estivesse disponível para leilão, os pátios só seriam esvaziados dentro de 12 anos.

Veículos ficam expostos ao tempo e sem cuidado adequado, a grande maioria acaba vendida como sucata e para desmanche - - Foto: Bruno Henrique/Correio do Estado

Com 19.950 veículos aptos para leilão nos pátios do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS), o órgão levaria quase seis anos para dar destinação a todos eles. Isso, caso a média anual de venda, que é de 3,6 mil, se mantenha. No entanto, o número de carros, motos e outros veículos efetivamente leiloados e entregues caiu 81% entre 2016 e 2017, passando de 6.052 para apenas 1.148.

Para piorar, são, no total, 42.076 veículos apreendidos em Mato Grosso do Sul sob a custódia do Departamento de Trânsito, e somente 47,4% (19.950) estão aptos para serem leiloados. Mesmo que a totalidade estivesse disponível para leilão, os pátios só seriam esvaziados dentro de 12 anos.

Em nota, o Detran explicou que a “aptidão [para leilão] leva em conta apenas os prazos de custódia”, pois nem todos os veículos estão com as etapas burocráticas completas. Ou seja, até para que o departamento possa se desfazer deles, é necessário encerrar questões documentais, de posse e propriedade, entre outros.