Eliminação de brasileiros na Champions turbina preparação da Seleção para a Copa

Entre oitavas e quartas de final do mais importante torneio europeu, 11 convocados de Tite caíram. Quem chegar à decisão não vai participar da primeira semana de treinos

Fora da Liga, Gabriel Jesus vai treinar em Teresópolis - Foto: Reuters

Ederson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva, Fernandinho, Paulinho, Fred, Philippe Coutinho, Willian, Neymar e Gabriel Jesus. A seleção brasileira que vai à Copa do Mundo teve 11 jogadores eliminados entre oitavas e quartas de final da Liga dos Campeões. Ruim para Tite? Nem um pouco.

Quanto mais convocados estiverem ausentes da finalíssima a ser disputada no dia 26 de maio, em Kiev, na Ucrânia, mais completa será a primeira semana de treinos do Brasil, entre 21 e 27 de maio, na Granja Comary. Aqueles que jogarem em times classificados para a decisão vão se apresentar diretamente em Londres, onde o grupo dará continuidade à preparação, no dia 28.

Na última terça-feira, o Liverpool eliminou o Manchester City e a Roma conseguiu uma surpreendente e épica virada sobre o Barcelona. Classificaram-se para as semifinais o goleiro Alisson, do clube italiano, e o atacante Roberto Firmino, que atua nos Reds.

A quarta-feira vai decidir os dois últimos semifinalistas, mas os resultados pouco vão interferir na programação da comissão técnica porque os adversários têm o mesmo número de brasileiros nos elencos. Na Espanha, o Real Madrid defenderá a larga vantagem obtida ao vencer a Juventus, em Turim, por 3 a 0. Casemiro e Marcelo, garantidos na Copa, estão no Real; Douglas Costa e Alex Sandro, que disputa vaga com o ainda lesionado Filipe Luís, defendem a equipe italiana.

Em Munique, o Bayern poderá até perder por 1 a 0 para o Sevilla. Dos dois times, o único com possibilidades de ir ao Mundial é o lateral-direito Rafinha, mas são mínimas.

PSG, derrotado nas oitavas, e City, nas quartas, deverão ser os maiores fornecedores da Seleção: de Paris virão Daniel Alves, Thiago Silva, Marquinhos e Neymar; de Manchester, Ederson, Fernandinho e Gabriel Jesus, além de Danilo, que disputa com Fagner um lugar na lateral direita.

A seleção brasileira rumo à Copa do Mundo

 

Goleiros

Laterais

Zagueiros

Meio-campistas

Atacantes

Garantidos:

Alisson (Roma) e Ederson (Manchester City)

Daniel Alves (PSG) e Marcelo (Real Madrid)

Miranda (Internazionale), Marquinhos e Thiago Silva (PSG)

Casemiro (Real Madrid), Fernandinho (Manchester City), Paulinho e Coutinho (Barcelona), Fred (Shakhtar Donetsk), Renato Augusto (Beijing Guoan), Willian (Chelsea)

Neymar (PSG), Douglas Costa (Juventus), Gabriel Jesus (Manchester City) e Firmino (Liverpool)

Disputam vaga:

Neto (Valencia) e Cássio (Corinthians)

Fagner (Corinthians), Danilo (Manchester City), Filipe Luís (Atlético de Madrid) e Alex Sandro (Juventus)

Geromel (Grêmio) e Rodrigo Caio (São Paulo)

Talisca (Besiktas), Diego (Flamengo), Lucas Lima (Palmeiras) e Giuliano (Fenerbahçe)

Taison (Shakhtar Donetsk) e Willian José (Real Sociedad)

O sorteio dos cruzamentos das semifinais será na próxima sexta-feira, e as partidas serão disputadas entre fim de abril e início de maio. Numa configuração dos sonhos para a preparação da seleção brasileira, poderia haver uma final em que o Bayern de Munique enfrentaria Roma ou Liverpool. Ou seja, um convocado envolvido, e os outros 22 trabalhando desde o início na Granja.

A preparação física considera importantíssimo cada dia a mais com os atletas, pois o processo de colocá-los numa condição similar será árduo. Eles virão de clubes diferentes, com distintos métodos de treinos táticos, técnicos e físicos, históricos de lesões peculiares, e, portanto, muitos trabalhos serão individualizados nos primeiros dias.

Além dos 11 eliminados recentemente, Tite também sabe que poderá contar desde o início da preparação com Miranda (Internazionale) e Renato Augusto (Beijing Guoan), além dos jogadores de times brasileiros que forem convocados.