Mulheres usam alicate para quebrar detectores de segurança e fazem arrastão em lojas

Investigação aponta que uma das suspeitas era foragida do sistema prisional. Elas levaram de roupas a produtos como pasta de amendoim com cacau e até palmito.

Polícia verificou que suspeitas usaram alicates para quebrar detectores de segurança - Foto: Polícia Militar/Divulgação

Duas mulheres foram presas em Campo Grande, nesta sexta-feira (13), ao fazerem um arrastão em diversas lojas de departamento, calçados e também uma conveniência. Policiais da Força-tática foram acionados via Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) e constataram o crime, encontrando diversas sacolas com as suspeitas.

Os policiais iniciaram diligências e encontraram produtos de ao menos cinco estabelecimentos diferentes. Em todas as ocasiões, elas usaram um alicate de cutícula para quebrar os detectores de segurança e então furtar as peças e outros produtos, incluindo desde roupas, calçados, pasta de amendoim com cacau e até palmito.

Ao checar antecedentes, a investigação verificou que uma das mulheres era foragida do sistema prisional. Elas foram encaminhadas para a delegacia e vão responder pelo furto qualificado, com pena que pode chegar a oito anos de reclusão.