Em nota, PDT nega racha e reafirma candidatura de Odilon ao governo do Estado

O texto, assinado pelo presidente da sigla, João Leite Schimidt, reitera que há 'absoluta coesão' do partido na candidatura de Odilon.

Em nota, PDT nega racha e reafirma candidatura de Odilon ao governo do Estado - Foto: Midiamax

Diante de postagens nas redes sociais e matérias na imprensa, sobre um suposto racha do partido, que poderia rever o projeto de candidatura própria ao Governo do Estado, o diretório estadual do PDT, distribuiu nota em que nega que haja desentendimentos internos no partido e sustenta a unidade do nome do juiz aposentador Odilon de Oliveira. No comunicado, os boatos são atribuídos a uma oligarquia 'que vê seus interesses ameaçados com a eleição do ex-magistrado'.

O texto, assinado pelo presidente da sigla, João Leite Schimidt, reitera que há 'absoluta coesão' do partido na candidatura de Odilon. O dirigente fez questão de destacar a trajetória do juiz aposentado no combate aos crimes de corrupção e tráfico de drogas.

A nota destaca que respeita a liberdade de imprensa e a livre expressão do pensamento como fundamentos democráticos, mas ''repudia, porém, a má utilização da imprensa e das mídias sociais para criar narrativas falsas, que sacrificam a verdade em favor de interesses que nada têm de republicanos''.