Prefeito garante contrapartida milionária para Alfa instalar UPL em Sidrolândia

No documento, prefeito garante uma contrapartida milionária para que a Cooperalfa direcione os investimentos para cidade.

Prefeito Marcelo Ascoli durante solenidade de entrega de carta de intenção para instalação de UPL. - Marcos Tomé/Região News

Numa solenidade na tarde desta quarta-feira (18) na sede da Cooperativa Agroindustrial Alfa, acompanhado de vereadores, secretários e produtores rurais, o prefeito Marcelo de Araújo Ascoli (PSL), assinou e entregou a direção da unidade local da empresa, carta de interesse para instalação de uma Unidade de Produção de Leitão [UPL] no município.

Num documento elaborado em duas laudas, o prefeito garante uma contrapartida milionária para que a Cooperalfa direcione os investimentos na ordem de R$ 200 milhões para Sidrolândia. Foi reservada em garantia, por exemplo, uma área de 200 hectares (que se for localizada na saída para Maracaju, custará em torno de R$ 6,2 milhões); 80 mil metros quadrados de terraplanagem; 40 mil metros quadrados de pavimentação do acesso até a UPL, além da rede de energia elétrica.

O prefeito colocou, a disposição da empresa, sua equipe técnica e governo para auxiliar no processo burocrático de instalação, licenças ambientais e de incentivos fiscais. Outra garantia anunciado por Ascoli, é que a Cooperalfa terá linha exclusiva de ônibus coletivo para o transporte dos trabalhadores, além da perfuração de um poço artesiano com vasão de 1440 metros cúbicos de água por dia.

A carta de intenção pela UPL, endereçada ao produtor rural, Romeu Bett (Presidente da Cooperativa Agroindustrial Alfa), foi entregue ao gerente local da unidade, Orlei Dal Magro. Em seu pronunciamento, o chefe do Executivo enalteceu o trabalho da cooperativa junto aos produtores rurais da cidade.

Em sua avalição, empresas como a Alfa, além de gerar emprego, promover a distribuição de renda, tem forte atuação na inclusão social já que por vocação tem forte atuação com produtores de pequena propriedade. “Sidrolândia precisava desta cooperativa e nós, na condição de gestor público, não poderíamos deixar de ofertar os incentivos necessários para viabilizar este projeto, que de certo, vai alavancar o desenvolvimento socioeconômico de Sidrolândia”, ressalta.

Posição geográfica

Marcelo Ascoli destacou entre os pontos positivos para a instalação da UPL, a localização e logística privilegiada da cidade para escoar a produção, considerando a proximidade com a unidade abatedora de suínos da Cooperativa Central Aurora; oferta de mão obra, já que a cidade é 3ª no Estado em geração de renda, segundo dados do CAGED e a proximidade com o aeroporto internacional de Campo Grande, distante 67 km, acesso pela rodovia BR-060 que esta sendo totalmente revitalizada.

A mão de obra voltada para produção agrícola, também foi destacada pelo prefeito: “já estamos cultivando mais de 205 mil hectares de soja. Só este ano, colhemos 787.200 toneladas do cereal. Milho safrinha já são 180 mil hectares plantadas. Isto mostra nosso poder de produção que figura entre os três maiores produtores de grãos do Mato Grosso do Sul”, avalia.

O índice populacional de crescimento também foi amplamente destacado pelo prefeito que espera agora, retorno da direção da Cooperalfa. Para Orlei Dal Magro, o município cumpriu uma etapa importante no processo de incentivo para a instalação da unidade. "As autoridades politicas e produtores rurais deram uma demonstração de grande interesse pela UPL com o ato realizada nesta tarde", finaliza.