Rotina, gols sofridos no segundo tempo ligam o alerta no São Paulo

Em dez jogos sob o comando do treinador uruguaio, o time foi vazado sete vezes, das quais cinco decorreram no segundo tempo.

Nas semifinais do Paulista, Tricolor sofreu gol da derrota para o Corinthians nos acréscimos da etapa final - Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Sofrer gols nas etapas derradeiras das partidas tem sido quase uma rotina para o São Paulo de Diego Aguirre. Em dez jogos sob o comando do treinador uruguaio, o time foi vazado sete vezes, das quais cinco decorreram no segundo tempo.

No último domingo, no Maracanã, o Tricolor vencia por 1 a 0 até os 43 minutos da etapa complementar, quando Pedro empatou de cabeça para o Fluminense. O resultado impediu que a equipe dividisse a liderança do Campeonato Brasileiro com o Flamengo.

“O Brasileiro é difícil e precisávamos manter o foco do início ao fim dos jogos. Estamos em um bom caminho, mas precisamos ter atenção para não deixar as vitórias escaparem, como aconteceu no Rio de Janeiro”, alertou o goleiro Sidão, que usa o amargo empate como aprendizado.

“Empatar fora de casa é um bom resultado, mas da maneira que foi não podemos comemorar. Então vamos levar o ensinamento que tivemos no Maracanã para os próximos jogos”, refletiu.

O capitão são-paulino quer evitar que novas decepções ocorram no restante da temporada. Caso da traumática derrota para o Corinthians nas semifinais do Campeonato Paulista. No duelo de volta, após ter vencido o jogo de ida por 1 a 0, o Tricolor acabou vazado aos 47 minutos da etapa final, em gol de Rodriguinho, e na sequência acabou eliminado nos pênaltis.

O próximo teste será neste sábado, às 19 horas (de Brasília), no Morumbi, pela quarta rodada Brasileirão. “Vamos, juntos, em busca de bons resultados. Almejaremos isso contra o Atlético-MG e teremos a torcida conosco”, celebrou o meia-atacante Diego Souza, ainda lastimando o empate cedido no Rio.

“Infelizmente não conseguimos a vitória no Maracanã, mas jogamos bem e mostramos um time organizado e com superioridade na maior parte do tempo. No final, perdemos dois pontos. Então, vamos trabalhar para não deixar isso acontecer novamente”, prometeu.

Com o resultado, o São Paulo chegou a cinco pontos ganhos e caiu para o sétimo lugar, ficando de fora da zona de classificação à Copa Libertadores. “Teve um sabor de derrota, porque jogamos para conquistar a vitória durante a maior parte do tempo. Não podemos desperdiçar oportunidades assim, porque poderíamos estar na liderança do Brasileiro”, concluiu o camisa 9.

Abaixo, veja os jogos em que o São Paulo sofreu gols no segundo tempo com Diego Aguirre no comando:

17/03/2018 – quartas de final do Campeonato Paulista
São Caetano 1 x 0 São Paulo (Chiquinho, aos sete minutos do 2º tempo)

28/03/2018 – semifinais do Campeonato Paulista
Corinthians 1 x 0 São Paulo (Rodriguinho, aos 47 minutos do 2º tempo)

04/04/2018 – quarta fase da Copa do Brasil
Atlético-PR 2 x 1 São Paulo (Paulo André, aos 15 minutos do 2º tempo)

19/04/2018 – quarta fase da Copa do Brasil
São Paulo 2 x 2 Atlético-PR (Matheus Rossetto, aos cinco minutos do 2º tempo)

29/04/2018 – terceira rodada do Campeonato Brasileiro
Fluminense 1 x 1 São Paulo (Pedro, aos 43 minutos do 2º tempo)