Vice no Brasileiro Feminino de 2017, técnico do Corinthians destaca time melhor em 2018

Timão busca primeiro título no torneio e está com 100% de aproveitamento na atual edição

Corinthians bateu o São José nessa quarta-feira pelo Brasileiro Feminino - Foto: Danilo Sardinha/GloboEsporte.com

Com a vitória por 2 a 0 sobre o São José nessa quarta-feira, o Corinthians soma dois triunfos no Brasileiro Feminino e tem 100% de aproveitamento. Um início animador da equipe que busca neste ano o primeiro título na competição.

Em 2017, a conquista bateu na trave após derrota para o Santos na decisão. Para o técnico Arthur Elias, o time deste ano está melhor que no ano passado.

– A equipe tem se apresentado bem inicialmente. Espero que não oscile. Se houver alguma oscilação, que seja rápida para chegarmos nessa hora mais preparados. No ano passado, o Santos foi superior na final. Mereceu nos vencer. Mas vejo a equipe deste ano, pelo tempo de trabalho que tivemos de pré-temporada, como montamos a equipe neste ano, com mais qualidade que tínhamos no ano passado, com mais recursos. Se Deus quiser, que a gente chegue na final e possa ter um desfecho melhor – comentou o treinador.

 

A pré-temporada do Corinthians foi de quase dois meses. Arthur Elias acredita que foi um período suficiente para implantar as ideias de jogo. Além disso, o clube fez contratações. Das 24 atletas do elenco, 11 chegaram nesta temporada. Com isso, as características do time mudaram.

– Temos mais variações de jogada com a bola, pela característica que conseguimos jogar bem no curto e no longo. O nosso ataque tem jogadoras rápidas com a bola e agressivas na marcação. Talvez, essas foram as principais vantagens defensivas e ofensivas. Na bola parada, ganhamos muito com as jogadoras que trouxemos, tanto para bater quanto para entrada de área. Foram características que evoluíram do ano passado para este – destacou.

 

Arthur Elias vê o Corinthians como um dos favoritos ao título do Brasileiro, mas ressalta existem outras equipes que também são e isso não é tratado como uma vantagem pela equipe.

– Todos os anos que entrarmos em campo, vamos buscar títulos em todos os campeonatos. Seja Brasileiro, Paulista, campeonatos que vierem, vamos buscar o título. Mas não pensando nisso principalmente nesses momentos iniciais. Pensamos jogo a jogo. Vai ser decidido lá em outubro. A gente precisa conseguir evoluir bem a equipe para que chegue nesse momento decisivo. O grau de dificuldade aumenta, o campeonato passa a ser mata-mata... Tem que trabalhar tanto essa parte psicológica, física e técnica – disse.

O Corinthians, que a partir deste ano tem uma equipe própria (até o ano passado tinha em parceria com o Audax), disputa o Campeonato Paulista também. No estadual, a equipe também está com 100% de aproveitamento e na liderança do Grupo 2, com 15 pontos. No domingo, a equipe encara a Portuguesa, às 10h30, no Canindé, pelo Paulista. O próximo jogo do Brasileiro Feminino é contra o Sport, no próximo dia 9 (quarta-feira), às 15h, em Recife.