Exportação de MS aumenta em mais de meio bilhão de reais no primeiro quadrimestre de 2018

Nestes quatro meses de 2018, o MDIC aponta que a celulose se manteve como o principal produto exportado pelo estado.

Celulose se manteve como o principal produto exportado por Mato Grosso do Sul no primeiro quadrimestre do ano - Foto: Anderson Viegas/G1 MS

No acumulado de janeiro a abril de 2018, Mato Grosso do Sul exportou US$ 1,728 bilhão em produtos,o que representa, de acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Industria e Comércio Exterior (MDIC), um aumento de 9,12% frente aos US$ 1,584 bilhão do mesmo intervalo de tempo de 2017.

A diferença entre o que estado vendeu no primeiro quadrimestre do ano passado frente ao mesmo período deste ano, foi de US$ 144,429 milhões. Esse valor, na cotação do dólar comercial desta sexta-feira (R$ 3,521), representa um incremento nas vendas externas de Mato Grosso do Sul de R$ 508,537 milhões.

Nestes quatro meses de 2018, o MDIC aponta que a celulose se manteve como o principal produto exportado pelo estado. Os embarques resultaram em uma receita de US$ 561,739 milhões, o equivalente a 32,50% de todo o faturamento do estado com as vendas internacionais.

Em segundo lugar no ranking estadual vem a soja, com vendas de US$ 556,411 milhões (32,19% do total). Completam o top cinco das exportações “Made in MS” a carne desossada e congelada de bovinos, com US$ 105,251 milhões (6,09%); os pedaços e miudezas comestíveis e congelados de galos e galinhas, com US$ 89,729 milhões (5,19%) e a carne desossada fresca ou refrigerada de bovinos, com US$ 61,263 milhões (3,54%).