Projeto de sinalização da Dorvalino vai custar R$ 116 mil, prevê um semáforo e mantém rotatória da Ponta Porã

A rotatória em frente da rodoviária será retirada com a instalação de semáforo no cruzamento e a da Ponta Porã mantida.

Rotatória em frente a rodoviária vai ser retirada com a instalação de semáforo - Fotos: Crislaine Jara/Região News

A Interface Engenharia e Serviços Técnicos com o orçamento de R$ 116.147,95, venceu a tomada de preços e vai executar o projeto de sinalização de dois pontos críticos do trânsito da Avenida Dorvalino dos Santos, nas rotatórias com a Rua João Marcio Ferreira Terra (em frente da Estação Rodoviária) e a Rua Ponta Porã.

A rotatória em frente da rodoviária será retirada com a instalação de semáforo no cruzamento e a da Ponta Porã mantida, com instalação de travessias elevadas nas duas pistas da Dorvalino, como forma de reduzir a velocidade e assim, evitar que os motoristas avancem a preferencial de quem está fazendo à rotatória.

A manutenção da rotatória da Ponta Porã foi apontada como a solução tecnicamente mais viável porque o local é acesso a uma rua que no seu prolongamento se transforma na MS-162 (ligação com Quebra Coco e Dois Irmãos do Buriti). A instalação de um semáforo, como se pretendia, implicaria em proibir conversão à esquerda de que vem na pista sentido Campo Grande, exigindo alças de acesso a Ponta Porã pela Avenida Aroeira e a Rua Paraná, onde seria preciso instalar um terceiro semáforo no cruzamento com a Ponta Porã.