Odilon critica imprensa por divulgar boatos e diz que sua candidatura ao Governo é inegociável

O pré-candidato diz que sua prioridade, num eventual governo, será a educação e não acredita no discurso da falta de recursos.

Juiz Odilon de Oliveira em entrevista ao RN - Foto: Marcos Tomé/Região News

Em sua passagem por Sidrolândia nesta segunda-feira, o juiz aposentado Odilon de Oliveira, rejeitou de forma categórica qualquer possibilidade de uma eventual composição do seu partido (o PDT) com outras forças políticas que o obrigasse a trocar a candidatura ao Governo pela disputa de uma vaga ao Senado.

"Minha candidatura é inegociável. Se não for candidato ao Governo, volto para casa e retomo minha rotina de aposentado", afirma Odilon que esteve com o prefeito Marcelo Ascoli, se reuniu com professores e participou de uma reunião partidária na casa do vereador Waldemar Acosta, presidente do diretório municipal do PDT.

Odilon acusou a imprensa da Capital de disseminar este tipo de "boato" com o propósito de confundir as pessoas, com intuito de favorecer os candidatos das forças que sempre controlaram o sistema político.

"Parece que não há interesse em divulgar a verdade pura e cristalina", destaca o magistrado, que pontuou suas falas na disposição de fazer um governo sem corrupção, rejeita alianças que resultem no loteamento do futuro governo de assumir compromisso de contrapartidas a empresários como moeda de troca para ajudarem financeiramente na campanha.

O pré-candidato diz que sua prioridade, num eventual governo, será a educação e não acredita no discurso da falta de recursos. “Dinheiro tem, desde que se combata e não haja tolerância com a corrupção”.

Odilon não parece preocupado com a possibilidade do PDT não atrair aliados e eleger uma bancada reduzida na Assembleia Legislativa. Mostra-se convencido de que sua popularidade será capaz de assegurar a vitória, independente da vontade das forças políticas.

Confira a reportagem produzida pelo RN:

 

 
Em Sidrolândia, Juiz Odilon critica adversários por propagar “boatos” de que não será candidato

O juiz federal aposentado, Odilon de Oliveira, criticou adversários que estariam propagando na imprensa sua desistência da disputa eleitoral de outubro.

Publicado por Regiao News em Terça-feira, 8 de maio de 2018