Líder do Governo antecipa voto e defende a rejeição das contas de Daltro

Cledinaldo, que ressalta ser esta uma posição pessoal, há 4 anos cobrou do Tribunal um posicionamento a respeito das contas de 2008 do ex-prefeito

Vereador Cledinaldo Cotócio durante entrevista ao RN - Foto: Marcos Tomé/Região News

Enquanto a maioria dos vereadores prefere não se manifestar, pelo menos publicamente, sobre que posicionamento que vão adotar, o líder do Governo, Cledinaldo Cotócio antecipa seu voto: é favorável a rejeição das contas do exercício de 2008 da gestão Daltro Fiuza, validando o parecer dos conselheiros do Tribunal de Contas.

“Se os técnicos do Tribunal, que são especialistas em contabilidade pública, alegam que o ex-prefeito cometeu irregularidades, não será eu, leigo no assunto, que vou contestar e ignorar este parecer que exigiu pelo menos 4 anos de análise”, argumenta.

Cledinaldo, que ressalta ser esta uma posição pessoal, há 4 anos cobrou do Tribunal um posicionamento a respeito das contas de 2008 do ex-prefeito. O parecer foi enviado pelo TCE no final de 2015, ainda na gestão de Ilson Peres, como presidente. No ano seguinte o novo presidente, David Olindo, devolveu o processo sob o argumento de que os recursos do ex-prefeito ainda não tinham se esgotado. Em fevereiro de 2016, os conselheiros reafirmaram o parecer prévio pela rejeição das contas.