Marqueteiro renomado vai coordenar campanha do juiz aposentado Odilon de Oliveira

Paulo Tarso iniciou sua carreira no marketing eleitoral em 1982, quando coordenou a campanha vitoriosa de Franco Montoro.

Candidato Odilon de Oliveira - Foto: Marcos Tomé/Região News

O premiado publicitário Paulo de Tarso vai ser o coordenador de marketing da campanha ao Governo do Estado do juiz aposentado Odilon de Oliveira, que aparece em todas as pesquisas, superando o governador Reinaldo Azambuja (que disputará a reeleição) e o ex-governador André Puccinelli.

Tarso, que é formado em sociologia, tem passagens como redator e diretor de criação nas agências de publicidade Delta, Salles Interamericana, Denison Publicidade, AlmapBBDO, McCann Erickson, MPM, Deck Propaganda, Scali McSloves, entre outras.

Foi sócio-presidente de criação da agência Matisse, participando da gerência e planejamento estratégico de propaganda da conta da Secretaria de Comunicação (SECOM) do Governo Federal, saiu da sociedade em 2010 para coordenar a campanha de candidatura a presidência da república de Marina Silva.

Como criador atendeu os Bancos Real, Safra, Bradesco, Crefisul. É o criador da expressão "Nossa Caixa, Nosso Banco" utilizada por mais de 10 anos pela Caixa Econômica de São Paulo para se diferenciar da Caixa Econômica Federal.

Foi finalista no Festival Internacional de Cannes de 1994 com dois comerciais para o Banco Crefisul, criados na Denison Publicidade e um comercial para a Santa Casa de São Paulo que também ganhou o prêmio, profissionais do ano nacional promovido pela Rede Globo.

Iniciou sua carreira no marketing eleitoral em 1982, quando coordenou a campanha vitoriosa de Franco Montoro ao Governo de São Paulo, a primeira eleição direta a governador ainda sob o regime militar. Junto com Raul Cruz Lima, concebeu a estratégia de propaganda na televisão que na prática tornou obsoleta a Lei Falcão, que restringia a comunicação eleitoral à apresentação de fotos e currículo dos candidatos.

Em 2010, foi o coordenador de propaganda da campanha Marina Silva à presidência da República pelo Partido Verde. No âmbito estadual, em 1998 coordenou a publicidade na campanha vitoriosa de reeleição do urbanista e ex-prefeito de Curitiba Jaime Lerner ao governo do Paraná.

Também coordenou 3 campanhas vitoriosas de Marconi Perillo ao governo de Goiás (2002, 2010 e 2014). Como coordenador publicitário trabalhou em 2010 na campanha de Carlos Gaguim, do PMDB tocantinense, e em 2014, na campanha de Beto Richa ao Governo do Paraná.