Frustração de R. Caio deixa São Paulo fora da Copa pela 3ª vez seguida

Apesar da expectativa elevada, a frustração veio logo no começo, assim que o nome de Geromel saiu da boca de Tite.

Rodrigo Caio não joga há quatro partidas e pode retornar contra o Santos, no domingo - Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Rodrigo Caio conhece bem o clima da Granja Comary desde os tempos em que frequentava os times de base. O zagueiro foi titular na campanha da Seleção Olímpica do Brasil que culminou com a medalha inédita de ouro nos Jogos do Rio-2016 e também coleciona oito convocações para a equipe canarinho principal. Nada disso, porém, foi suficiente para o jogador de 24 anos convencer Tite a integrá-lo ao grupo que vai disputar a Copa do Mundo, na Rússia.

Na tarde dessa segunda-feira, o zagueiro fez uma pausa em seu tratamento no Reffis do CT da Barra Funda para assistir o anúncio dos 23 convocados ao Mundial. Apesar da expectativa elevada, a frustração veio logo no começo, assim que o nome de Geromel saiu da boca de Tite. O beque gremista era o principal concorrente do são-paulino.

Apesar de Rodrigo Caio obter a confiança do técnico da Seleção, uma série de fatores desfavoráveis pode ter contribuído para a ausência do nome do são-paulino na lista final, como por exemplo a torção no pé esquerdo que o tirou dos últimos quatro jogos, ou a atuação decepcionante sob os olhares de Tite no Morumbi. Fato é que Rodrigo Caio não conseguiu manter nesse ano a boa fase e a regularidade da última temporada.

A não ida ao Mundial dificulta o plano de encontrar um novo desafio para a carreira do jogador, afinal, uma convocação à Copa do Mundo valoriza qualquer atleta. Rodrigo Caio admitiu recentemente que chegou a hora de deixar o São Paulo, e o discurso não pegou o clube de surpresa. Raí, diretor executivo de futebol, deixou claro que o tricolor não fará grandes esforços para evitar uma transferência.

De qualquer forma, por ora Rodrigo Caio segue focado no São Paulo e em seu retorno ao time. O zagueiro não apareceu no campo nessa segunda, mas a expectativa é de que Diego Aguirre o tenha como opção para o clássico com o Santos, marcado para o próximo domingo, no Morumbi.

Para os mais supersticiosos, fica a lembrança de que o Tricolor do Morumbi teve representantes em todos as cinco conquistas de Copa do Mundo do Brasil (1958, 1962, 1970, 1994 e 2002). Mais que isso, o clube só não colaborou com a Seleção Brasileira nos Mundiais de 1938, quando ainda vivia fase de reconstrução devido ao aliciamento de 1934, além de 2010 e 2014.

A última esperança é Rodrigo Caio estar na lista de pré-convocados e ser chamado para suprir uma necessidade de última hora. O problema é que o departamento de futebol da CBF decidiu não revelar os 12 nomes enviados à Fifa. Minimiza ainda mais a possibilidade do zagueiro do São Paulo a revelação de Tite sobre a presença do zagueiro cruzeirense Dedé na tal lista misteriosa, em quebra de protocolo durante o anúncio dos 23 convocados.