Hemosul registra queda nas doações de sangue

Há necessidade de doação urgente para o tipo O positivo, conhecido como doador universal.

- Foto: Divulgação

O Hemosul está com baixo estoque de todas as tipagens sanguíneas devido à queda de doações. Há necessidade de doação urgente para o tipo O positivo (O+), conhecido como doador universal. 

De acordo com a responsável pela setor de Comunicação do Hemosul, Mayra Franceschi, os interessados em ajudar na recomposição dos estoques deste tipo sanguíneo devem comparecer às unidades de coleta. “Nós estamos quase zerados. O sangue O positivo parte de um estoque estratégico. Temos só 26 bolsas de sangue em estoque a nossa necessidade é de 240 unidades”, afirma.

Alguns fatores têm contribuído para a pouca procura em doar sangue: além do frio, o aumento de pessoas com viroses e gripes diminui ainda mais o número de doadores. “Por isso precisamos que quem esteja em boa saúde venha doar sangue”, completa.

A Rede Hemosul abastece todos os hospitais públicos e privados do Estado, assim há necessidade que as pessoas compareçam para realizar as doações de sangue. Também é solicitado para quem precisar fazer cirurgia eletiva peça para familiares e amigos que doem sangue para auxiliar na manutenção do estoque.

COMO DOAR

Para doar sangue é preciso seguir algumas regras: estar munido com documento oficial com foto, como a carteira de identidade ou de motorista.

Os doadores precisam ter de 16 a 69 anos. Há uma ressalva para quem tem 16 e 17 anos: o menor de idade tem que estar acompanhado de pai ou mãe ou responsável legal ,ou então, pode retirar na unidade de doação um modelo de declaração (também disponível no site), levar para mãe, pai ou responsável legal assinar e aí reconhecer firma desta assinatura. Se o menor de idade for emancipado pode ir sozinho ao Hemosul e apresentar o documento de emancipação. Se for casado, levar a certidão de casamento que já é suficiente para a liberação.

Embora a lei permita a doação de pessoas abaixo de 50 quilos, a Rede Hemosul reserva-se o direito de aceitar apenas doadores com 55 kg ou mais, para a melhor utilização do sangue coletado e segurança do doador.

O doador deve estar bem alimentado para doar sangue. Não se pode doar sangue em jejum. Mas deve-se evitar alimentos com excesso de gordura quando for realizar a doação. É recomendado alimentação saudável.

Informações sobre as unidades de coleta de Mato Grosso do Sul e horários de atendimento estão disponíveis no site.