Em Maracaju, Prefeitura suspende a coleta de lixo e o transporte escolar

Em relação ao transporte escolar, o município ressalta que apesar da suspensão do serviço a partir desta sexta, as aulas não serão interrompidas.

- Foto: Graci Sulzbach

O desabastecimento de combustível provocado pela greve dos caminhoneiros, também forçou a Prefeitura de Maracaju a suspender a partir desta sexta-feira (25), o transporte escolar rural e urbano e a coleta de lixo no município e no distrito de Vista Alegre.

Em relação ao transporte escolar, o município ressalta que apesar da suspensão do serviço a partir desta sexta, as aulas não serão interrompidas e que os alunos da zona rural vão receber atividades programadas.

A coleta de lixo foi suspensa, segundo a Prefeitura, porque os resíduos recolhidos na cidade são depositados no aterro sanitário de Dourados, com o bloqueio nas rodovias os caminhões com os resíduos ficam impedidos de circularem.

O município orienta a população a tentar diminuir a quantidade de lixo que é produzida e a acondicionar o material de forma “segura e adequada” até a situação seja normalizada.

Além da coleta de lixo e do transporte escolar, a greve dos caminhoneiros também vai trazer reflexos para o transporte coletivo na cidade. De acordo com a Prefeitura, os ônibus que fazem esse serviço vão circular somente em quatro faixas de horários: 6h, 11h, 13h e 17h.

O município ressalta ainda que estão sendo tomadas medidas para que as ambulâncias que atendem o setor de saúde do município continuem a operar normalmente.