UFMS e Uniderp suspendem aulas nesta segunda devido a greve dos caminhoneiros

Universidade Católica terá aulas mas não vão computar faltas e provas

- Foto: Reprodução

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e Universidade Anhanguera Uniderp cancelaram as aulas desta segunda-feira (28) devido a falta de combustíveis nos postos de gasolina da Capital. As duas instituições publicaram nota informando a suspensão das aulas, alertando que o expediente de terça-feira (29) também poderá sofrer alterações.

Além das aulas suspensas, na Uniderp não haverá funcionamento de departamentos administrativos, nem atendimentos nas clínicas de saúde e os estudantes estão sendo comunicados via SMS e por meio das lideranças acadêmicas sobre mudanças no cronograma das aulas.

A UFMS informou que devido a escassez de combustíveis em várias cidades do Estado, os serviços nos campi, como os transportes dos alunos e o deslocamento da própria comunidade acadêmica para suas atividades estão comprometidos.

No caso de eventos, defesas de pós-graduação e demais ações previamente programadas, a decisão de continuidade ou não deve ser tomada pela equipe responsável pela ação. As atividades administrativas serão mantidas, sendo que a UFMS orienta as chefias responsáveis pelos docentes, técnico-administrativos e alunos residentes a gerir com sensibilidade e compreensão os impactos das dificuldades de mobilidade. Todas as atividades impactadas serão repostas tão logo se normalize o abastecimento de combustíveis.

As aulas na  Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) por enquanto estão mantidas, mas os professores não vão computar as faltas e nem provas, mas assessoria da instituição adiantou que a situação poderá ser mudada, futuramente.