Marcelo brinca sobre recorde de títulos: 'Casemiro vai me passar'

Jogadores tetracampeões pelo Real Madrid são os brasileiros com mais conquistas da Liga dos Campeões da Uefa na história

- Foto: Globo Esporte

O título europeu do Real Madrid neste sábado colocou dois titulares da seleção de Tite na história da Liga dos Campeões da Uefa. O lateral-esquerdo Marcelo e o volante Casemiro se tornaram os brasileiros com mais títulos europeus na história. Os dois participaram das quatro últimas conquistas continentais do clube espanhol, em 2014, 2016, 2017 e 2018.

Eles estavam empatados com dois ex-jogadores do Real, Sávio e Roberto Carlos, tricampeões em 1998, 2000 e 2002, e com o lateral-direito Daniel Alves, hoje no Paris Saint-Germain, que ganhou seus três títulos europeus pelo Barcelona (2009, 2011 e 2014).

Após a conquista deste sábado, Marcelo brincou sobre o recorde, dizendo que Casemiro, de 26 anos, tem mais chance de se isolar como recordista, por ser mais novo.

- O Casemiro vai me passar, vai ganhar umas sete ou oito. Eu estou mais velho, já estou com 30 anos, ele é mais novo.

- Ser um dos brasileiros junto com o Casemiro que tem mais Champions na história é uma coisa maravilhosa - completou o lateral.

 
 

"Não é normal o que estamos fazendo", diz Casemiro

Casemiro também comemorou a quarta conquista de Liga dos Campeões da carreira. O jogador enalteceu o feito conquistado pelo grupo, destacando a dificuldade de chegar ao patamar atual.

- Estou muito feliz pela história que estamos escrevendo, tenho que parabenizar a todos, não é normal o que estamos fazendo, é preciso correr atrás - disse Casemiro ao jornal "Marca".

O volante minimizou as falhas do goleiro Karius em dois gols, preferindo destacar o desempenho dos autores dos gols do Real, Benzema e Bale.

- É preciso estar em campo para que o goleiro falhe. Karim (Benzema) estava muito atento. O segundo de Bale foi um golaço, no outro ele tira bem e o goleiro falha - afirmou.

Após a partida, o próprio Bale e Cristiano Ronaldo deixaram em dúvida a permanência no Real. Casemiro comemorou a participação decisiva do galês no título, ressaltando que enxerga o jogador como uma peça importante na equipe, assim como CR7.

- Fico muito feliz por Bale, muita gente falou mal dele, diziam que não estava com a cabeça aqui, mas hoje demonstrou a todo o mundo que está concentrado, quer jogar e é um jogador do Madrid. Não vejo Cristiano fora do Real. Esperamos Cristiano depois do Mundial, queremos ele aqui, porque é o melhor do mundo - finalizou.