Comboio com 10 carretas de combustível passa por Sidrolândia que continua desabastecida

Comboio de 10 carretas com escolta do Exército cruzou Sidrolândia levando combustível para para Maracaju, Itaporã e Dourados.

Empresário Haroldo Calves, proprietário do Auto Posto Vacaria - Foto: Paula Lúcia/Região News

Sidrolândia entra no quarto dia desabastecida de combustível e gás de cozinha, embora ontem tenha passado pela cidade, um comboio de 10 carretas com escolta do Exército, que levou combustível para Maracaju, Itaporã e Dourados.

O dono do Auto Posto Vacaria, Haroldo Calves, está na expectativa de receber na tarde desta terça-feira um carregamento de diesel, gasolina e etanol. A carga não veio antes porque a distribuidora estava esperando álcool anidro para misturar (na proporção de 27%) a gasolina.

Segundo Calves, o diesel foi faturado com redução de R$ 0,26 por litro em relação ao preço anterior, R$ 0,20 da promessa do governo, de reduzir o preço em R$ 0,46. Ele acredita que o desconto de 10% tenha sido aplicado ao preço da refinaria, sem o valor dos impostos e da margem de lucro dos revendedores.

As distribuidoras até dispõem de combustível, tanto que os postos de Campo Grande estão abastecidos, mas as transportadoras exigem escolta policial ou do Exército. Não haveria efetivo militar suficiente para atender simultaneamente todas as solicitações.