Índios vão se manifestar em apoio a caminhoneiros e para lembrar 5 anos da morte de Oziel

Diferentes segmentos da população de Sidrolândia têm saído às ruas em solidariedade ao movimento dos caminhoneiros.

- Foto: Marcos Tomé/Região News

Pelo menos 50 guerreiros terena da Comunidade Indígena Buriti, vão descer para cidade nesta quarta-feira (29) numa manifestação de solidariedade a greve dos caminhoneiros e um protesto para marcar os cinco anos da morte de Oziel Gabriel, morto pela Polícia Federal durante ação de reintegração de posse da Fazenda Buriti. O ato está programado pra começar às 13 horas de amanhã.

Diferentes segmentos da população de Sidrolândia têm saído às ruas em solidariedade ao movimento dos caminhoneiros. No sábado foi realizada uma carreata no centro da cidade; na segunda-feira comerciantes fecharam as portas dos seus estabelecimentos às 15 horas e fizeram um ato na praça central.

Hoje, foi à vez dos produtores levarem máquinas e implementos agrícolas para percorrer a Avenida Dorvalino dos Santos, nos dois sentidos.

Confira a reportagem:

#COMPARTILHA: Movimento grevista ganha força com paralisação também dos produtores rurais

Produtores rurais protestam em apoio à greve dos caminhoneiros com máquinas agrícolas. Assista e compartilhe

Publicado por Regiao News em Terça-feira, 29 de maio de 2018