Marlon aplica nocaute brutal em Rivera e se aproxima de disputa de título no UFC Utica

Brasileiro precisa de apenas 33 segundos para bater o número 4 do ranking na luta principal do card desta sexta-feira.

- Foto: Reprodução

Com um chute alto devastador, Marlon Moraes provou que merece uma chance de disputar o cinturão dos pesos-galos (até 61kg). Na madrugada desta sexta-feira para sábado, na luta principal do UFC Utica, o brasileiro, número 5 da categoria, precisou de apenas 33 segundos para nocautear Jimmie Rivera, atual quarto colocado. É a terceira vitória seguida de Marlon, que se candidatou a ser o próximo desafiante ao título.

Quero dedicar essa vitória ao meu filho, minha esposa está grávida. Estou muito feliz, esses caras (treinadores), sabem o quanto eu trabalho todos os dias. Estou pronto. Quero lutar pelo título! Comecei a treinar kickboxing aos nove anos de idade. Quero o bônus para o meu filho que está a caminho - afirmou o lutador, logo após o triunfo.

O clima não era dos mais amistosos. Antes do início da luta, eles sequer tocaram as luvas para se cumprimentar. E Marlon não quis saber de muita conversa. Logo nos primeiros segundos, acertou um chute alto implacável na cabeça de Rivera. O americano caiu, recebeu alguns socos na cabeça e obrigou o árbitro central a interromper o confronto. Restou ao brasileiro comemorar e ele pulou a grade para festejar com os fãs.

Gillespie passeia diante de Pichel

A invencibilidade de Gregor Gillespie foi mantida em grande estilo no co-evento principal do UFC Utica. Com uma atuação dominante, um festival de quedas e um katagatame para liquidar a fatura, ele finalizou Vinc Pichel aos 4m06s do segundo round, pelo peso-leve (até 70kg), e elevou o seu cartel para 12 vitórias em 12 lutas, sendo cinco delas pelo Ultimate. Pichel, que pouco mostrou no combate, vinha e quatro triunfos seguidos na companhia e perdeu pela segunda vez em 13 duelos na carreira.

Harris bate Spitz no segundo assalto

Walt Harris se impôs diante de Daniel Spitz e nocauteou o rival no último segundo do segundo round, aos 4m59s para ser mais preciso, com um ground and pound agressivo após fazer o rival sentir seus golpes na trocação. O peso-pesado (até 120kg) foi superior por todo o duelo e encerrou a série de duas lutas sem vencer.

Saunders nocauteia Ellenberger no primeiro assalto

Jake Ellenberger até começou melhor e colocou golpes duros, mas, no clinche, Ben Saunders acertou uma joelhada na costela do rival e o nocauteou aos 1m56s do primeiro assalto, pelo peso-meio-médio (até 77kg). Com o resultado, Saunders recuperou-se e uma sequência de dois reveses consecutivos. Ellenberger perdeu a terceira seguida.

Julio Arce finaliza Daniel Teymur

Julio Arce teve grande atuação no UFC Utica. O colombiano dominou Daniel Teymur na luta em pé e finalizou o sueco com um mata-leão aos 2m55s do terceiro round, pelo peso-pena (até 66kg). Ele alcançou 15 vitórias em 17 lutas na carreira e a sétima seguida. O Teymur, que chegou invicto no Ultimate, perdeu a segunda consecutiva. Ele tem seis triunfos na carreira.

Alvey vence Villante por decisão dividida

Em uma luta que teve apenas um momento empolgante, quando Sam Alvey aplicou knockdown em Gian Villante no fim do primeiro assalto, o "Smilin Sam" venceu por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28), em duelo válido pelo peso-meio-pesado (até 93kg), na abertura do card principal. Foi a segunda vitória em duas lutas desde que o atleta subiu de categoria. Villante, por sua vez, perdeu a terceira nas últimas quatro lutas.

Confira os resultados do UFC Utica:

CARD PRINCIPAL
Marlon Moraes venceu Jimmie Rivera por nocaute aos 33s do R1
Gregor Gillespie venceu Vinc Pichel por finalização aos 4m06s do R2
Walt Harris venceu Daniel Spitz por nocaute técnico aos 4m59s do R2
Ben Saunders venceu Jake Ellenberger por nocaute técnico a 1m56s do R1
Julio Arce venceu Daniel Teymur por finalização aos 2m55s do R3
Sam Alvey venceu Gian Villante por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
CARD PRELIMINAR
Sijara Eubanks venceu Lauren Murphy por decisão unânime (29-28, 30-27 e 30-27)
David Teymur venceu Nik Lentz por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Belal Muhammad venceu Chance Rencountre por decisão unânime (triplo 30-27)
Desmond Green venceu Gleison Tibau por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Nathaniel Wood venceu Johnny Eduardo por finalização aos 2m18s do R2
Jose Torres venceu Jarred Brooks por nocaute técnico aos 2m55s do R2