Em dia de folga do elenco, Hudson segue com sua recuperação no CT

Nesta quinta, Hudson trabalhou no gramado sob as orientações do preparador físico Fernando Piñatares.

- Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net

A quinta-feira foi de folga para o elenco do São Paulo, mas não para Hudson, que tratou de ir ao CT da Barra Funda para continuar seu processo de recuperação de uma contratura no músculo posterior da coxa direita, sofrida no último sábado, na derrota para o Palmeiras no Allianz Parque por 3 a 1.

Nesta quinta, Hudson trabalhou no gramado sob as orientações do preparador físico Fernando Piñatares. O volante tricolor fez um circuito físico que contou com alguns obstáculos, bola, alternâncias de velocidade, direção e intensidade.

Na última quarta, na reapresentação do elenco, Hudson já havia aparecido no campoexclusivo para os goleiros e chutou algumas bolas no muro das instalações. Foi o primeiro trabalho do volante fora do Reffis, onde estava desde o último domingo.

Como ainda está processo de transição, o camisa 25 ainda trabalha de maneira dosada para evitar uma sobrecarga. Ausente do empate em 0 a 0 com o Inter, no Morumbi, na última terça-feira, Hudson ainda é dúvida para a partida do próximo sábado, contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada.

Caso Hudson não se recupere a tempo de viajar a Curitiba, a tendência é que ele, enfim, retorne ao time no confronto da próxima terça-feira, com o Vitória, no Morumbi. A partida, inclusive, será a última do clube antes da pausa para a Copa do Mundo. Depois, o Tricolor só volta a entrar em ação no dia 18 de julho, contra o Flamengo, no Maracanã.

Após as movimentações no gramado, o volante seguiu para a fisioterapia, onde realiza a segunda parte dos trabalhos previstos pelo departamento médico.

Titular com o técnico Diego Aguirre, Hudson teve sua sequência interrompida após o primeiro tempo do Choque-Rei. O volante vinha fazendo um ótimo jogo ao lado de Jucilei, porém, não conseguiu voltar a campo e teve de ser substituído por Petros.