Costela da Integração é a opção gastronômica e de diversão neste domingo no CTG

A costela é assada inteira, assim como os vaqueiros que habitavam os pampas faziam.

Costelada da Integração deve consumir 1800 de carne - Foto: Marcos Tomé/Região News

Um público de mais de 1.200 pessoas, muita gente de cidades vizinhas, deve prestigiar neste domingo a 8ª edição da “Costelada da Integração” no Centro de Tradições Gaúcha Campos de Vacaria. É o evento gastronômico mais aguardado do ano pelos os amantes de um bom churrasco e de uma boa música, com animação por conta do Grupo Pegada Baleira.

Os convites estão à venda na Conveniência Piana, e no Farelão, ao preço de R$ 28,00 para sócios em dia com a mensalidade; R$ 35,00, se adquiridos antecipadamente por convidados e R$ 40,00 no dia.

Serão colocados para assar, ao longo de mais de 8 horas, 1800 quilos de costela bovina selecionada que será servida com acompanhamentos tradicionais da colunaria gaúcha; arroz, mandioca, vinagrete, salada verde e obviamente, não poderia faltar o sabor adocicado da cuca.  A costela é assada inteira, assim como os vaqueiros que habitavam os pampas faziam.

Segundo o patrão, Vanderlei Piana, parte da renda será destinada para cobrir despesas com a indumentária da invernada de dança do grupo juvenil.

Orçado em R$ 37 mil, o novo traje que o grupo irá se apresentar no FEGAMS - Festival Sul-mato-grossense de Folclore e Tradição Gaúcha, já foi encomendada. Sidrolândia vai sediar o evento de 13 a 15 de julho.

Deste montante, R$ 20 mil sairão dos cofres da instituição; R$ 10 mil serão oriundos de uma emenda parlamentar do deputado estadual, Amarildo Cruz, intermediado pelo ex-vereador Wanderley Lopes Barbosa. Para complementar o saldo, o grupo das invernadas (adulta e juvenil) estão empenhados nas vendas dos bilhetes de uma rifa para concorrer a uma motocicleta Honda Fan de 150 cc ao custo de R$ 10,00, que será sorteada durante a costelada.