Técnico da Rússia blinda elenco de críticas e garante time preparado para estreia

Stanislav Cherchesov crê que equipe vai dar resposta em campo mesmo com jejum de vitórias, que dura desde outubro

- Foto: Reuters

As críticas que a seleção da Rússia tem sofrido ao longo de sua caminhada até a Copa do Mundo em seu próprio país ainda incomodam elenco e o técnico da seleção. Nesta quarta-feira, em entrevista coletiva, o treinador Stanislav Cherchesov ressaltou a importância de ter o apoio dos torcedores para vencer o primeiro jogo e garantiu que seu time está preparado para mudar a opinião pública, mesmo após um período de preparação turbulento e de resultados negativos.

- Talvez, haja pessoas que não estão sendo muito criticadas e outras que são criticadas demais. Mas, isso não influencia. A única coisa que podemos fazer é continuar treinando, podemos falar da qualidade de nossos jogadores. Estamos sob provação quando sentamos nessa cadeira e devemos reagir a isso de uma forma natural. Eu me sinto confortável com isso. O elogio também é um tipo de crítica, certo? Temos que fazer o possível para tornar a crítica em feedback positivo e acho que estamos preparados para a partida de amanhã - disse o treinador.

 

Também presente na entrevista, o lateral Aleksandr Samedov endossou o coro de pedido de apoio aos torcedores russos para a equipe durante a Copa do Mundo. O jogador ainda lembrou sua primeira vez em um Mundial, em 2014, e garante estar muito mais à vontade desta vez na véspera da estreia contra a Arábia Saudita.

 

O técnico Cherchesov destacou ainda a evolução da equipe desde o início da preparação para o Mundial e garantiu que as últimas atuações e treinos inspiram confiança para uma boa participação na Copa do Mundo disputada em casa.

- Nós estamos prontos para trabalhar. Nós tivemos muito trabalho desde o amistoso contra a Áustria. Nós alcançamos um certo nível que acho que vocês puderam ver nos últimos jogos, especialmente contra a Turquia. Nós conseguimos mostrar um pouco do tipo de jogo que queremos jogar. Depois desse último jogo, nós trabalhamos para manter esse nível - disse.

Rússia e Arábia Saudita fazem o jogo de abertura da Copa do Mundo nesta quinta-feira, às 12h (de Brasília), no estádio olímpico de Lujniki, em Moscou. As duas equipes integram o Grupo A, assim como Egito e Uruguai.