Mãe contesta legalidade de atuação da PM por ter aprendido o filho dela que fumava maconha

Mãe de um adolescente que foi apreendido fumando maconha reagiu indignada com a atuação dos policiais.

- Foto: Arquivo/Região News

A mãe de um adolescente que foi apreendido ontem pela Polícia Militar, em companhia de um colega, fumando maconha na calçada em frente da Escola Estadual Catarina de Abreu, reagiu indignada com a atuação dos policiais, questionou a legalidade da abordagem aos adolescentes que por volta das 14 horas, em pleno período de aula, consumiam droga. Os jovens não estudam na escola.

Quando os policiais chegaram, atendendo a denúncia sobre a presença de dois usuários de drogas em frente da escola, a mãe de um dos adolescentes mostrou-se inconformada, porque segundo ela, nunca tinha visto ninguém ser preso por estar fumando maconha e se o procedimento for usado de forma radical, “vocês terão de prender a escolar”, dirigindo-se aos policiais que citaram o artigo 28 da lei 11.342/2006 (lei de drogas), a qual cita que é ilegal usar entorpecentes.