Neymar deixa treino com dores no tornozelo; CBF diz que ele não preocupa

Jogador leva bolada no local e sai de campo acompanhado pelo fisioterapeuta Bruno Mazziotti nesta terça-feira em Sochi. Assessoria de imprensa confirma sua participação na atividade de quarta-feira

Neymar sai acompanhado de Bruno Mazziotti - Foto: Reuters

Neymar deixou o treino da Seleção antes do fim nesta terça-feira. Enquanto participava de uma roda de bobinho ao lado de Willian, Coutinho, Thiago Silva, Miranda e Paulinho, o atacante se esticou para alcançar uma bola e reclamou de dores no tornozelo direito. Segundo a assessoria de imprensa da CBF, já estava previsto que o camisa 10 não participaria de toda a atividade, justamente pelas 10 faltas sofridas na estreia contra a Suíça. Mas o problema abreviou ainda mais a sua presença no campo. De qualquer forma, de acordo com a CBF, está confirmado na atividade de quarta-feira.

Assim que a bola bateu na ponta de seu pé direito, Neymar fez cara de dor. Ele se abaixou, esperou alguns segundos e ainda tentou seguir na brincadeira, mas segundos depois saiu de campo acompanhado pelo fisioterapeuta Bruno Mazziotti.

- Neymar se queixou de dores no tornozelo, em decorrência do número de faltas sofridas contra a Suíça. Como o treino era regenerativo para os titulares, foi encaminhado para a fisioterapia. Fica lá hoje (terça-feira) e amanhã (quarta-feira) de manhã, treinando amanhã (quarta-feira) à tarde - disse Rodrigo Lasmar, médico da Seleção.

Ainda segundo a Confederação, as dores do camisa 10 da Seleção não têm relação com a cirurgia no pé direito, realizada em março. Neymar já tinha mancado em alguns momentos contra a Suíça. Após o jogo, no entanto, o atacante ligou o fato às pancadas que levou no jogo e disse que não era preocupante. Na segunda-feira, ele chegou a postar uma foto em sua conta no Instagram fazendo tratamento no mesmo tornozelo.