Aldeia Tereré recebe patrulha que vai fomentar produção em 200 hectares em áreas retomadas

Os equipamentos foram adquiridos pelo Governo do Estado, ao custo de R$ 154 mil.

Aldeia Tereré recebe patrulha que vai fomentar produção em 200 hectares em áreas retomadas - Foto: Reprodução/Facebook

Num ato realizado na manhã desta quinta-feira (21), foi entregue na Aldeia Tereré a patrulha mecanizada destinada à comunidade que cultiva melancia, mandioca e hortaliças numa área de 200 hectares distribuídas entre duas áreas retomadas pelos terena, nas fazendas Buriti e Lindoia.

Os equipamentos foram adquiridos pelo Governo do Estado, ao custo de R$ 154 mil, recurso federal viabilizada por emenda parlamentar do deputado licenciado Carlos Marun, a pedido do vereador Otacir Figueiredo, o Gringo, representante dos terena na Câmara.

Segundo o vereador, com a patrulha mecanizada, que será usada de forma compartilhada, a produção será ampliada porque mais famílias vão iniciar suas lavouras. Atualmente 15 famílias trabalham nas duas áreas retomadas e mesmo com todas as dificuldades de escoamento, tem conseguido vender no comércio da cidade.

Com o apoio da Fundação Municipal Indígena, esperamos conseguir um veículo para trazer a produção até a cidade”, explica o vereador. Além da Aldeia Tereré, nesta última leva de aquisições de patrulha mecanizada feitas pelo Governo do Estado, foram beneficiadas em Sidrolândia, os assentados do Nazaré e Alambari.