Fifa notifica atacante da Suécia por não ir à sala de controle de doping após jogo

Marcus Berg não sofre nenhuma punição, mas entidade máxima do futebol ficou incomodada que o camisa 9 sueco não foi fazer exame.

Marcus Berg foi notificado pela Fifa por ter saído da sala de controle antidoping sem liberação - Foto: Getty/Dean Mouhtaropoulos

Suécia passou por um susto nesta segunda-feira. O atacante Marcus Berg, centroavante titular dos suecos, foi notificado pela Fifa por não ter se apresentado ao controle de doping logo depois da derrota para a Alemanha, conforme informou o site "FotbollsKanalen", do país nórdico.

Essa notificação não suspende o camisa 9 da Suécia. Logo após a derrota por 2 a 1 para os alemães, Berg deu prioridade para entrevistas de TV, enquanto a Fifa solicitou que ele fosse imediatamente para a sala de controle de doping imediatamente.

 
 

Segundo Lasse Richt, dirigente da Federação Sueca de Futebol, o comportamento de Berg já tinha acontecido antes e não havia gerado problema algum. De acordo com ele, a pessoa responsável pelo controle de doping discordava com o procedimento e exigia a presença do jogador.

- Marcus (Berg) iria dar entrevistas um pouco depois e normalmente dá essas entrevistas antes de entrar na sala de controle de dopagem. A imprensa queria que ele falasse um pouco mais e eu perguntei à pessoa que estava guiando a gente para onde deveríamos ir e seguimos. Mas de repente apareceu uma funcionária do controle antidoping que não gostou do que aconteceu. Eu dei meus argumentos e ela deu os dela, o que gerou uma discussão.

Depois da derrota por 2 a 1 para a Alemanha, a Suécia ainda tem chances de se classificar para as oitavas de final da Copa do Mundo. Os suecos vão enfrentar o México às 11h da próxima quarta-feira e precisam de uma vitória para depender só de si. Em caso de empate, precisa torcer para que a Alemanha perca para a a Coreia do Sul.