Após Tite confirmar time, capitão da Sérvia diz: 'Talvez tenham nos subestimado'

Durante coletiva Aleksandar Kolarov disse acreditar que falta de mistério por parte do técnico brasileiro pode ser uma forma de provocação: "Pode ser uma tática dele"

- Foto: Reuters

A confirmação da equipe titular do Brasil mais de 24 horas antes do confronto desta quarta-feira, em Moscou, foi recebida como uma possível ''provocação'' por Aleksandar Kolarov, capitão da Sérvia. Durante coletiva na tarde desta terça-feira, o lateral foi questionado sobre a decisão do treinador brasileiro. Surpreso, ele considera que a divulgação do time indica uma confiança exagerada de seus adversários.

- Talvez tenham nos subestimado. Não sei. Não quero pensar nisso agora. Há questões mais importantes e sérias a refletir. Talvez estejam nos provocando não sei. Se disse qual vai ser a seleção, pode ser uma tática dele (Tite). Acho que devem estar prontos.

Por outro lado, o técnico Mladen Krstajic preferiu não entrar no detalhe e elogiou a equipe brasileira. Segundo ele, a Sérvia vai enfrentar uma potência, mas que não vai desistir em momento algum.

- Acho que não devemos desperdiçar tempo explicando o que o Brasil faz. O Brasil é uma superpotência do futebol. Tem um jeito de se prepararem, tática. É um povo mais relaxado, mais tranquilo. Independentemente disso, vão precisar de um bom resultado. Temos que nos concentrar na nossa preparação, no nosso clima na concentração e mostrar nossa característica. Vamos jogar contra a grande seleção brasileira. Não vamos desistir. Depois de 90 minutos, vamos ver qual vai ser o placar.

 

Os sérvios adotaram um discurso confiante. Entre elogios aos jogadores brasileiros, sempre enalteceram o fato de terem chegado até a Copa e apresentado futebol competitivo até aqui. Não querem entrar com medo. E prometeram jogo duro.

Confira mais tópicos da coletiva:

Duelo com Willian
Aleksandar Kolarov
: Eu já joguei várias vezes contra o Willian quando jogava no Manchester (City). Jogador de primeira. Talvez esteja em sua melhor temporada. Mas Brasil não é só Willian ou Neymar. Muitos jogadores competentes. Acho que é uma equipe, uma seleção, tem equilíbrio no meio de campo, jogadores individuais excelentes... Fernandinho que é um dos melhores da Europa e no mundo. Lado forte deles.

Mladen Krstajic: Na coletiva contra a Costa Rica e Suíça já disse que nos sentimos como se estivéssemos jogando na Sérvia. Isso aqui é um país irmão. Equipe técnica, jogadores, jornalistas sérvios se sentem como se estivessem em casa diante do apoio da Rússia. Vamos dar o nosso melhor. Vai ser uma partida interessante.

Marcar gol contra o Brasil
Aleksandar Kolarov
: Temos que jogar como equipe. Se ganharmos, vamos ganhar como equipe. Alisson é um dos melhores goleiros que há, mas podemos ser uma boa ameaça. Tenho confiança na minha equipe, nos meus companheiros. Situação de tudo ou nada... Não vamos poupar nada pela vitória. Temos que dar aos torcedores alguma coisa através da nossa atitude e da nossa abordagem. Espero bom resultado amanhã.

Multa dada pela Fifa
Mladen Krstajic: Não tenho nada a comentar sobre esse incidente. Isso é passado. Estamos nos concentrado no Brasil, no jogo de amanhã. Não vou comentar sobre isso. Como já disse várias vezes.

Favoritos que caem no começo
Aleksandar Kolarov: 
Vamos ver o que acontece hoje e amanhã. Claro que há surpresas. Esperamos tais surpresas acontecerem também neste campeonato. Vamos ver o que acontece hoje e amanhã.

A Sérvia vai vencer?
Aleksandar Kolarov
: Depois da Suíça sabíamos que precisávamos de uma vitória contra o Brasil. Naquela noite, comecei a me concentrar para o próximo jogo. Estou convencido que podemos vencer. Brasil é bom, mas também somos. Eles não sabem jogar pelo empate. Meu raciocínio é que eles precisam vencer e nós também. Francamente, já que perguntou, eu já joguei muitos jogos, acho que vamos renascer das cinzas e vamos virar o placar. Vai ser um orgulho. Espero que a gente vença.

Bola aérea citada por Tite
Mladen Krstajic:
 Todos sabem que somos bons na bola aérea. Temos pontos negativos e positivos. Temos que reduzir os lados negativos e nos concentrarmos. Com disciplina e concentração toda partida. Se pensarmos no que aconteceu contra a Suíça, acaremos punidos. Tem que ter foco, eles estão preparados, de bom humor, temos que jogar como equipe única.

Mladen Krstajic: Gostaria de agradecer ao técnico brasileiro pelos elogios. Temos qualidade, como Brasil tem. Brasil tem 23 jogadores de alta qualidade. Tanto faz quem joga, quem vai começar. Eles passam bem a bola. São compactos, qualquer um pode virar o jogo. Mas não estou dizendo nada de novo.

Declaração Savic, que brasileiro não sabe defender
Mladen Krstajic:
 Isso é a opinião dele. A nossa é completamente diferente. Isso é deliberação interna. Respeitamos o Brasil. Potência tanto no ataque quanto na defesa. Jamais iriamos subestimar Brasil. Nada a falar sobre isso.

Discurso motivacional
Mladen Krstajic
: Isso é algo que cada técnica prepara no vestiário. Cada um tem seu estilo, é uma questão interna, entre nós.

Pressão é importante? Para o Brasil também?
Aleksandar Kolarov
: Nós sempre temos que nos superar. Você tem que superar. Amanhã em termos de futebol, vai ser uma partida difícil. Mas essa preparação mental talvez seja mais importante. Se o Brasil fala em pressão, imagina a que há em nossos ombros. Podemos aguentar isso. Sabemos como ligar. O elemento psicológico e mental será decisivo na partida. Se entrarmos em campo acreditando que podemos vencer, é mais fácil vencer. É preciso saber que está pronto.

Uma final para Sérvia? (pergunta do comentarista do SporTv Petkovic)

Mladen Krstajic: É um grupo difícil. Mostramos qualidade. Mistura de jovens e experientes. jovens que são futuro do futebol Sérvio. Vão jogar ainda 10, 12 anos pela seleção. Não temos nada a perder. Se não estivermos prontos, já perdemos de antemão. Não podemos ter medo do Brasil. É uma das maiores equipes do mundo. Tem que ter paciência e disciplina. Temos que satisfazer a nação sérvia e os torcedores. Não vamos envergonhar, vamos dar tudo de nós.

Aleksandar Kolarov: Minha opinião pessoal é que a partida é uma final na minha carreira. É a partida mais importante da minha carreira. É assim que vou enfrentar. Jogadores jovens e experientes sabem o que está em jogo. Palco global, oportunidade única de brilhar. Quando se joga com um adversário melhor, tem que dar o melhor de si. Acho que realmente você se testa contra os melhores.