Sem definição, DEM vai decidir no voto quem apoiar nas eleições

Deputados estão divididos sobre aliança com Puccinelli (MDB) ou Azambuja (PSDB).

Presidente regional do DEM, Murilo Zauith deve dar voto de desempate em reunião - - Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado

Após reunião com os membros do partido, o DEM ainda não decidiu qual legenda deve apoiar ou se vai lançar pré-candidato próprio ao governo de Mato Grosso do Sul. Com isso, os deputados e o presidente estadual, Murilo Zauith, vão decidir no voto o rumo do partido. 

Os deputados estaduais Zé Teixeira e João Carlos Barbosa, o Barbosinha, declaram apoio ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e os deputados federais Luiz Henrique Mandetta e Tereza Cristina têm uma amizade mais consolidada com o ex-governador André Puccinelli (MDB). Zauith pode ser o voto de minerva para a decisão.

A deputada federal democrata afirmou que a sigla ainda não decidiu uma aliança. “Cada um tem a sua opinião dentro do DEM. O partido é democrático, vamos votar e vencerá a maioria”, disse. O prazo dado pelo partido para definir a aliança partidária foi o dia 25 de junho. Porém, a reunião foi adiada e aconteceu na quarta-feira (27), mas a sigla segue sem definição.