Taxistas podem perder alvará se em 15 dias não atenderem convocação da Prefeitura

Taxistas terão 15 dias, a partir de quarta-feira, dia 4, para apresentarem toda a documentação.

Ponto de Táxi da Praça Central - Foto: Vanderi Tomé/Região News

A Coordenadoria Executiva de Trânsito da Prefeitura de Sidrolândia está convocando 34 taxistas e 19 mototaxistas para uma espécie de recadastramento. Eles terão 15 dias, a partir de quarta-feira, dia 4, para apresentarem toda a documentação, inclusive o comprovante de quitação de R$ 730,00 em encargos que todos os anos devem pagar ao município, R$ 280,00 do ISSQN anual e mais R$ 450,00 da taxa de renovação do alvará.

A maioria está inadimplente. Quem não comparecer na Coordenadoria na Rua São Paulo 1.939, perderá a inscrição para exploração do serviço.

Segundo a coordenadora de Trânsito, Flávia Fernandes, o objetivo é identificar exatamente quais profissionais estão trabalhando efetivamente. Há casos de taxistas que faleceram, mas os familiares ainda não deram baixas as inscrições. Há motoristas, diante do baixo movimento de corrida, que simplesmente abandonaram o serviço ou permanecem em casa, atendendo apenas os clientes antigos que os acionaram por celular. 

Conforme informações obtidas pela reportagem junto a alguns motoristas, que pediram para não ser identificados, vários pontos criados na gestão do ex-prefeito Ari Basso, estão desativados ou sequer, foram implantados, como os previstos para o distrito de Quebra Coco e a região do Capão Seco. Só estaria completa a frota dos pontos da Praça Central, Rodoviária e em frente do Posto Pé de Cedro.

Há uma reclamação geral sobre o baixo movimento, insuficiente segundo eles, para custear as despesas de manutenção do veículo, pagar os encargos e ainda sobrar alguma coisa para ajudar no orçamento. Sofrem a concorrência dos mototaxistas que cobram mais barato, R$ 8,00 por corridas durante o dia e R$ 10,00 a noite, enquanto o táxi cobra R$ 15,00.

Também está desativado o ponto em frente da Unidade Central de Saúde, fechada para reforma desde a entrada em funcionamento da UPA. No ponto da Unidade de Pronto Atendimento, um dos novos, só um motorista está ativo, o outro não está trabalhando. O mesmo ocorreu no ponto em frente do INSS. Na Estação Rodoviária, quatro dos 10 motoristas, “alugaram” o alvará, cobrando 35% da receita obtida pelos substitutos. 

Tanto taxistas, quanto mototaxistas, defendem a revisão da lei que define a frota de motos e carros, na proporção de um taxi para cada grupo de mil moradores, o que dá espaço para concessão de 55 alvarás (considerando população de 55 mil habitantes). Eles defendem que o parâmetro seja apenas a população urbana, em torno de 35 mil. 

Taxistas convocados
  • Allan Cesar Moraes
  • Alex Rodrigo Soares Delgado
  • André Aparecido Alves Meira
  • Ari Antunes dos Santos
  • Ari Carlos Barbosa Mendes
  • Arnaldo Pedro da Silva
  •  Avelino Moraes de Ávila
  • Decibério Nunes de Freitas
  • Delídio de Souza Cruz
  • Éder Cavalcanti Gonçalves
  • Eder Benites Machado
  • Élio Hensei
  • Erci Lopes de Oliveira
  • Everaldo Pedroso Pereira
  • Helena Torres
  • Itagiba Ferreira Rocha
  • Ivo Delavi
  • Jonas Maia dos Santos
  • Josa Mota Oliveira (Espólio)
  • José Francisco Pereira Nantes
  • José Luiz Pretto
  • Josirley dos Santos Nascimento
  • Júlio Cesar Rocha
  • Lauro Ivo Pieri
  • Luiz Cláudio Vianna
  • Mailton de Brito
  • Odenir Arce dos Santos
  • Osvaldo Ferreira
  • Rafael Mota Oliveira
  • Rodinei A. R. da Silva
  • Romão Ferreira da Silva
  • Rosilei Tavares de Melo
  • Sidney Nunes
  • Valmir Ferreira da Silva
Mototaxistas convocados
  • Antônio Pereira de Souza
  • Arnaldo Pedro da Silva
  • Cleiton Santos Costa
  • Clóvis Ivarras Pereira
  • Donizete da Silva Francisco
  • Eliazar Marques de Oliveira
  • Elvandes dos Santos Pereira
  • Genez Gonçalves de Oliveira
  • Geraldo Loureiro Fernandes
  • Gerson Rodrigues Machado
  • Jorge Cândido de Souza
  • Júlio da Silva Alves
  • Marcelo Gabriel
  • Milton de Castro Ferreira
  • Paulo César Vieira Ximenes
  • Ulisses Leandro da Silva Brandão
  • Valdecir da Rosa
  • Valdinei Lopes Martins
  • Wellington Rodrigues de Maria