Polícia fecha laboratório de cocaína e apreende 740 kg de maconha

Os policiais apreenderam 742 quilos de maconha e grande quantidade de produtos químicos para a produção de cocaína.

Sob comando do delegado paraguaio German Arevalos, os investigadores realizaram busca e apreensão em uma casa da Rua De Los Angeles. - Foto: Direção Geral de Investigações Criminais de Casos Puníveis

Investigadores do Paraguai fecharam um laboratório de drogas na fronteira com Ponta Porã durante ação da Direção Geral de Investigações Criminais de Casos Puníveis neste domingo (1). Os policiais apreenderam 742 quilos de maconha e grande quantidade de produtos químicos para a produção de cocaína.

Sob comando do delegado paraguaio German Arevalos, os investigadores realizaram busca e apreensão em uma casa da Rua De Los Angeles, na fração Amista I, no Bairro Jardim Aurora, em Pedro Juan Caballero.

O local servia com um laboratório de drogas e além de 742 quilos de maconha, os policiais apreenderam 136 moldes de metal, cinco garrafas de vidro de acido clorídrico, oito baldes pretos com 20 litros de uma sustância desconhecida, 12 tambores azuis com outra substância, fitas de embalar, uma seladora de bolsas e três rolos de papel fino, usados para o preparo de cocaína.

Laboratório estava localizado em uma escavação da casa. Todas as evidências foram apreendidas e por ordem do promotor de justiça Gabriel Segovia encaminhada ao depósito do Ministério Publico.

O promotor ainda determinou a identificação do proprietário da residência assim como de seus moradores que poderiam estar a serviço do crime organizado ou de facções criminosas nesta parte da fronteira com o estado do Mato grosso do Sul.

Os investigadores devem nos próximos dias informar o resultado das investigações determinada pelo promotor de justiça e identificar os moradores e o proprietária da residência que estaria alugada no momento em que se encontrou a carga de droga e as demais evidencias.