'Momento de bobeira', alega homem que invadiu casa e estuprou vizinha

Segundo o homem, de 39 anos, ele tomou a decisão de ir até a casa da vizinha enquanto estava bebendo em casa sozinho.

Homem foi preso no final da tarde de domingo (1°) e encaminhado à Deam - Foto: Kleber Clajus

Alegando "um minuto de bobeira", homem que estuprou a vizinha na Vila Piratininga na manhã de domingo (1°). Aos policiais, ele informou que estaria em casa bebendo quando resolveu ir até a casa da mulher, que tinha sido arrombada pelo ex-marido dela alguns dias antes.

Segundo o homem, de 39 anos, ele tomou a decisão de ir até a casa da vizinha enquanto estava bebendo em casa sozinho. Após o crime ele voltou para a sua residência e foi dormir, alegando que estava muito bêbado e não tinha real ideia do que tinha acabado de fazer.

Na manhã dessa terça-feira (3), ele passou por audiência de custódia e teve a prisão em flagrante convertida para preventiva, que não tem prazo para terminar. Além da prisão, ele também passará por exame de corpo de delito no Imol (Instituto Médico Legal), já que apresentava lesões no rosto, segundo ele, provocadas por uma briga momentos antes da prisão.

O crime – O homem foi preso no final da tarde de domingo, na própria casa, por ter estuprado a vizinha de 40 anos. Segundo apurado pelo site, horas antes de crime, ele teria ajudado a mulher a descer alguns eletrodomésticos novos que ela comprou.

Há dias atrás, o ex-marido da vítima arrombou a porta da casa e levou diversos móveis, alegando que seria proprietário. Quando ela comprou produtos novos, o estuprador teria a ajudado com a "mudança", sabendo que a casa estaria arrombada.

Ele teria se aproveitado do fato da porta estar arrombada para entrar na casa da mulher e estrupá-la.