Com apreensões recordes, polícia destrói mais 15,5 toneladas de drogas

É a terceira incineração de drogas feita neste ano em Dourados

Maconha e outras drogas estão sendo destruídas em uma indústria de Dourados - Foto: Adilson Domingos

Mais 15,5 toneladas de drogas estão sendo incineradas nesta quarta-feira (4) em Dourados. No forno de uma fábrica de farinha de osso localizada no Distrito Industrial, estão sendo destruídos 15,3 toneladas de maconha, 121 quilos de cocaína e 19,8 quilos de outras drogas, principalmente skunk, conhecida como supermaconha.

O entorpecente incinerado hoje foi apreendido pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira), Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) e pelas delegacias de Rio Brilhante, Caarapó e Juti.

As drogas foram levadas em caminhões até o forno da indústria e são incineradas com a ajuda de trabalhadores do local, como mostra o vídeo abaixo.

Essa é a terceira incineração feita neste ano em Dourados. Com apreensões recordes dos últimos meses, os depósitos ficam lotados, o que obriga a polícia a antecipar a destruição para liberar espaço.

Nas incinerações anteriores foram destruídas 32,2 toneladas de maconha, 246 quilos de cocaína e 1.200 quilos de outras drogas.