Brasil tem 62 mortes por dengue em 2018

País contabiliza ainda oito mortes por chikungunya até 9 de junho deste ano.

- Foto: Divulgação

O Brasil teve 62 mortes e 1659 casos confirmados de dengue em 2018, diz boletim do Ministério da Saúde divulgado nesta sexta-feira (6). Das infecções confirmadas, 136 casos foram considerados graves e 1523 com sinais de alarme.

Os dados foram registrados entre 31 de dezembro de 2017 e 9 de junho de 2018. A região centro-oeste apresentou o maior número de casos prováveis de dengue (37,5%), segundo o ministério.

 

Municípios com o maior número de casos de dengue:

  • São Simão (GO): 7.067,1 casos/100 mil hab
  • Senador Canedo (GO): 3.348,2 casos/100 mil hab
  • Aparecida de Goiânia (GO): 1.362,1 casos/100 mil hab
  • Goiânia (GO): 725,1 casos/100 mil hab.

Chikungunya e zika

O governo confirmou oito óbitos por chikungunya em 2018. Foram 30,251 casos confirmados até junho de 2018. A região Sudeste apresentou o maior número de casos.

 

Municípios com o maior número de casos de chikungunya:

  • Itaocara (RJ): 2.736,4 casos/100 mil hab
  • Coronel Fabriciano (MG): 5.781,0 casos/100 mil hab
  • Cuiabá (MT): 538,7 casos/100 mil
  • São Gonçalo (RJ): 499,1 casos/100 mil hab

Já em relação ao vírus da zika, o Ministério da Saúde registra 1674 casos confirmados de infeçcão ajuda pelo vírus -- com a região Sudeste apresentando o maior número de casos.

 

Municípios com o maior número de casos de zika:

  • Pé de Serra (BA): 1.553,5 casos/100 mil hab
  • Trindade (GO): 111,3 casos/100 mil hab
  • Cuiabá (MT): 30,3 casos/100 mil hab
  • São Gonçalo (RJ): 24 casos/100 mil hab

Em adultos, o Ministério da Saúde não registrou nenhum óbito pelo vírus da zika em 2018. Desde 2015, no entanto, a pasta contabiliza 327 mortes de crianças relacionadas ao vírus.

Ainda, outras 53 mortes foram classificadas como prováveis. Nelas, não foi possível realizar testes mais precisos.