Emocionada, dona Conceição lembra o filho que morreu antes de receber a escritura da casa

O objetivo é regularizar 500 imóveis. Os moradores do Bairro Pé de Cedro, serão os próximos a receberem escritura.

Primeira-dama Ana Lídia, dona Conceição e o prefeito Marcelo Ascoli - Foto: Vanderi Tomé/Região News

Se para os 41 moradores que na quinta-feira (06) à noite receberam as escrituras das suas casas no Cascatinha 2, a entrega do documento transformou eles em proprietários de fato e de direito, o ato despertou em dona Conceição, uma das beneficiárias, além da emoção de receber a escritura da sua casa, lembranças dolorosas que a levaram as lágrimas: seu filho Edson, que foi contemplado há 12 anos com a casa, morreu sem receber o documento tão aguardado por ele, o atestado definitivo de que tiraria sua família do aluguel.

“Ele era muito doente, chegou a ser desenganado pela medicina. Deus levou ele de mim, mas tenho certeza, que onde estiver, está feliz, porque seu sonho está sendo realizado”, manifestou-se, agradecendo ao prefeito Marcelo Ascoli, de quem seu filho foi paciente.

Histórias como a dona de Conceição, com maior ou menor dramaticidade, pelo menos tiveram um final com a regularização destas e de outras casas construídas em áreas do município ao longo dos últimos 20 anos pelo Governo do Estado e a Prefeitura, em áreas entregues às famílias, mas que nunca foram regularizadas.

Os imóveis continuavam formalmente sendo da Prefeitura, sem inscrição imobiliária até para a cobrança do IPTU. Muitos dos proprietários originais transferiram os direitos por meio de contratos de gaveta e estão há 10 anos esperando pela regularização.

A entrega das escrituras, realizada no CREAS Cascatinha, teve a participação do prefeito Marcelo Ascoli, da vice-governadora Rose Modesto e da diretora-presidente da AGEHAB, Maria do Carmo Avesani Lopez.

O prefeito garantiu que o trabalho em parceria com o Governo vai continuar. O objetivo é regularizar 500 imóveis em diferentes residenciais. Os moradores do Bairro Pé de Cedro, construído pela Prefeitura na gestão João Lemes, serão os próximos a receberem escritura.