Polícia prende seis por embriaguez ao volante após derrota da Seleção

Também foram registrados seis acidentes e um teria sido motivado por racha na Avenida Afonso Pena.

Cinco acidentes foram registrados, entre eles, um motivado por suposto racha na Avenida Afonso Pena - Foto: Paulo Francis

O criminoso ato de conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada pelo álcool, o famoso dirigir bêbado, levou seis pessoas para a delegacia de Polícia Civil em menos de seis horas, em Campo Grande, horas depois de a seleção brasileira ser eliminada da Copado Mundo da Rússia. No mesmo intervalo, cinco acidentes foram registrados, entre eles, um motivado por suposto racha na Avenida Afonso Pena.

Elvis Chaves Barros, de 33 anos, e Lucas Miranda de Oliveira, de 22, foram presos em flagrante durante uma blitz na Rua Manoel Inácio de Souza. Elvis dirigia um Lancer, preto, e durante abordagem se negou a realizar o teste. No entanto, os militares constataram sinais de embriaguez pela fala e odor etílico. Já Lucas dirigia um Pálio, preto, e o teste do bafômetro às 20h21 constatou 0,36 Mg/L. O condutor pediu para realizar o teste novamente e às 20h35 o resultado foi 0,51Mg/L. Ambos foram conduzidos à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), do Centro).

Por volta da 0h30, Lucas Felipe Sella Cordeiro, de 25 anos, foi preso por dirigir bêbado, desacatar e desobedecer a ordens policiais. A prisão ocorreu na Rua Vitório Zeola, no Carandá Bosque depois de acompanhamento tático por pelo menos três avenidas. A equipe da PM fazia patrulhamento, quando avistou o condutor de uma caminhonete, prata, entrar na Avenida Afonso Pena pela via Avenida Arquiteto Rubens Gil de Camilo e desobedecer sinal sonoro.

O motorista acelerou pela Avenida Luís Alexandre no sentido Avenida Mato Grosso e só parou em uma conveniência da Rua Vitório Zeola após avançar sinais vermelhos em alta velocidade. Conforme Termo de Constatação, o motorista apresentava odor etílico, olhos vermelhos e agressividade e precisou ser contido com algemas. Os crimes foram registrados na Depac, do centro.

Por volta da meia noite, Edison dos Santos Reggiori, de 37 anos, foi preso na Rua Barão do Rio Branco, no Amambai, por dirigir bêbado. Equipe da PM viu quando Edison conduzia uma Honda CG Titan 160, azul, sem capacete. Em abordagem foi constatado os olhos vermelhos, falta de equilíbrio e odor etílico. Ele se negou a fazer o teste do bafômetro foi levado para Depac, Centro, e a motocicleta para o pátio do Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

Acidentes

Na Júlio de Castilho, Bairro Lar do Trabalhador, um jovem de 24 anos, identificado por Kelvin Ayala de Oliveira ficou ferido depois de bater a Honda Twister, que dirigia contra um Toyota Corolla, que fazia a conversão para entrar na garagem de uma casa. Os dois veículos trafegavam na Avenida no sentido bairro/centro. Apesar das escoriações, o rapaz recusou atendimento do Corpo de Bombeiros e o teste do bafômetro resultou em 0,71Mg/L. Ele foi encaminhado na companhia de familiares à Depac, do Centro. Foram registrados o acidente e a embriaguez.

Ivan do Nascimento Rocha de 32 anos foi preso por embriaguez depois de bater um Fiat/Strada contra um muro no cruzamento da Avenida Três Barras com Rua José Nogueira Vieira. Uma equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) viu quando Ivan tentou fazer a conversão à esquerda, mas não conseguiu concluir a manobra batendo em um muro de alvenaria. Teste do bafômetro resultou em 0,66 Mg/L e ao receber voz de prisão tentou fugir. O homem foi imobilizado, algemado e levado à Depac com lesões no rosto e joelhos em decorrência do acidente. O Fiat/Strada foi recolhido ao Pátio do Detran.

No início da noite de ontem, um VW Golf, de cor azul, suspeito de participar de racha na avenida Afonso Pena, bateu contra um Renault Logan próximo ao cruzamento com a rua Arthur Jorge. A colisão ocorreu minutos depois do fim da partida entre Brasil e Bélgica. O Golf atingiu a traseira do Logan, que estava na faixa da direita. Com o impacto, o veículo atingido ainda acertou uma árvore. O condutor do Golf deu ré e fugiu do local, mas testemunhas anotaram os números da placa do veículo.

Uma colisão entre um veículo Gol e Renault um Kwid, causou lentidão no tráfego de veículos pelo cruzamento da Rua Alagoas com a Avenida Mato Grosso, no Jardim dos Estados em Campo Grande, na noite de ontem (06). Condutora do Kwid, Sabrina Cristina Apple, de 23 anos, se queixou de que o outro condutor estava visivelmente embriagado. “Eu estava parada no semáforo, sentido Centro quando ele colidiu do nada na traseira e jogou meu carro longe. Ele está visivelmente embriagado”, conta.

Ainda ontem, colisão entre carro e ônibus na BR-163, próximo ao Residencial Damha em Campo Grande, feriu pelo menos três pessoas. Equipes da concessionária CCR MSVia, Corpo de Bombeiros e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) atenderam a ocorrência.

Na manhã deste sábado (7), um Hyundai HB20 foi encontrado batido e com o airbag acionado, em Campo Grande. O veículo, placas ONU 9432, de Belo Horizonte (MG), bateu numa caçamba, que estava na avenida Marechal Deodoro, no Jardim Leblon.