Advogado paraguaio escapa de atentado a tiros na fronteira com MS

O crime ocorreu no início da noite de ontem (9), mas Elias Manuel Elizeche Irala, de 39 anos, escapou ileso.

Caminhonete de advogado que sofreu atentado a tiros em Pedro Juan Caballero - Foto: ABC Color

Mais um advogado foi vítima de atentado em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã (MS). O crime ocorreu no início da noite de ontem (9), mas Elias Manuel Elizeche Irala, de 39 anos, escapou ileso.

Elias contou a policiais paraguaios que o atentado ocorreu quando ele chegava à casa de sua mãe em uma caminhonete Toyota Hilux preta quando os dois pistoleiros se aproximaram em um Corolla branco, desceram do carro e começaram a atirar com pistolas calibre 40.

O advogado disse que conseguiu acelerar e fugiu dos pistoleiros. À Polícia Nacional do Paraguai ele alegou desconhecer os motivos do atentado.

Em agosto do ano passado, o irmão de Elias, Saúl Zacarías Elizeche Irala, o “Japa”, que tinha 33 anos de idade, foi executado em Pedro Juan Caballero após sobreviver a três ataques. O crime ocorreu em frente a casa dele, no cruzamento das ruas Coronel Martinez e Blas Garay. Os pistoleiros estavam em um carro marca Renault prata, com placa brasileira.